sábado, 13 de abril de 2013

RESENHA: Dragões de Éter – Caçadores de bruxas


Monique Melo

Nova Ether é um mundo protegido por poderosos avatares em forma de fadas-amazonas. Um dia, porém, cansadas das falhas dos seres racionais, algumas delas se voltam contra as antigas raças. E assim nasce a Era Antiga. 

Essa influência e esse temor sobre a humanidade só têm fim quando Primo Branford, o filho de um moleiro, reúne o que são hoje os heróis mais conhecidos do mundo e lidera a histórica e violenta Caçada de Bruxas.

Primo Branford é hoje o Rei de Arzallum, e por 20 anos saboreia, satisfeito, a Paz. Nos últimos anos, entretanto, coisas estranhas começam a acontecer... 

Uma menina vê a própria avó ser devorada por um lobo marcado com magia negra. Dois irmãos comem estilhaços de vidro como se fossem passas silvestres e bebem água barrenta como se fosse suco, envolvidos pela magia escura de uma antiga bruxa canibal. O navio do mercenário mais sanguinário do mundo, o mesmo que acreditavam já estar morto e esquecido, retorna dos mares com um obscuro e ainda pior sucessor. E duas sociedades criminosas entram em guerra, dando início a uma intriga que irá mexer em profundos e tristes mistérios da família real.

E mudará o mundo.

Dizer que Dragões de Éter é muito bom não explica nem metade do que senti ao ler o primeiro livro da série do Raphael Draccon. Primeiro, quando li a sinopse e algumas resenhas sobre o livro, fiquei bastante curiosa e animada com o resgate de personagens que fizeram parte da infância de tantas pessoas, inclusive da minha. Então, quando comecei a ler e me deparei com esses personagens tão queridos e descritos dessa forma tão interessante, tomando parte de um enredo bem trabalhado, só pude me apaixonar. 

A narrativa para mim foi um dos destaques. O narrador conversa com o leitor e a forma que tudo é contado reforça esse aspecto. Senti como se alguém estivesse me contando uma história que se passou algum tempo atrás (o que, em certos aspectos, foi isso mesmo) ou escutando um “causo” de um amigo.

A familiaridade de algumas partes do livro com as antigas histórias, mas, ao mesmo tempo, a diferente visão sobre os fatos me intrigou e me fazia avançar muito rápido na leitura. Afinal, o que mais daquela antiga história eu não sabia? O que mais foi ocultado? E depois daquele grande momento e tudo que ouvi, o que aconteceu? Draccon utiliza-se desses antigos contos de fadas e os molda de uma forma bem peculiar. Um exemplo é como ele explica o nome “chapeuzinho vermelho” para a garota que quase morre devorada por um lobo quando ia visitar a avó, afinal, o nome dela não poderia ser realmente este, não é mesmo?

É neste ponto que o livro conseguiu me ganhar (ainda mais): mesmo falando de tantos personagens conhecidos, o autor consegue criar algo surpreendentemente novo e direcionar de um jeito que a leitura tivesse um ritmo ótimo e não se tornasse enfadonha. Outra coisa super legal foram as referências a astros do rock seja por meio dos nomes de personagens ou constelações.

Adorei o livro e fico feliz de já ter a continuação. Só vou esperar um pouquinho para ler porque quero curtir tudo que li para partir para a próxima aventura. E para você que não leu:

“Se um dia tiver uma real oportunidade, e achar que é a única de sua vida, agarre-a com unhas e dentes.” – página 215.

Você não se arrependerá. 
Booktrailer:





Sobre o livro:
Dragões de Éter – Caçadores de Bruxa
Volume: 01
Autor: Raphael Draccon
Editora: Leya
Ano: 2010
Páginas: 440

A série:

14 comentários:

  1. Fernanda Falleiro13 de abril de 2013 10:38

    Olá!

    quero muito ler os livros do Raphael Draccon, ainda não tive oportunidade e é até feio falar isso rsrsrsr

    Bjos!!

    http://enquantoescrevoumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Fernanda, eu demorei séculos para começar o volume 1. Quando terminei, me arrependi de não ter lido antes. rsrsrs

    ResponderExcluir
  3. Apesar do começo conturbado, de pensar em desistir da leitura algumas vezes, eu insisti e acabei adorando a leitura desse primeiro volume. A forma como Draccon coloca os personagens dos contos de fadas numa nova trama é maravilhosa. O segundo volume é ainda melhor.

    ResponderExcluir
  4. Eu adorei o livro. Acho muito bem escrito e as referências são muito bem trabalhadas.

    ResponderExcluir
  5. Nem me fala de segundo volume, porque estou adiantando algumas leituras para poder começar! E pense numa pessoa ansiosa! rsrsrs

    ResponderExcluir
  6. Muito bem trabalhadas mesmo! Draccon sabe o que faz! Thyeri me convenceu a usar o disqus. XD

    ResponderExcluir
  7. Sou doida para ler esse livro desde o lançamento! E o mais incrível é que desde que o ganhei, ainda não tive oportunidade de ler :x

    Bjs, Kel - www.itcultura.com.br

    ResponderExcluir
  8. Kel, eu nem falo nada, porque deixei o livro quase dois anos na estante antes de ler e olha que o arrependimento bateu forte! Deveria ter lido bem antes!


    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. adorei sua resenha! estou louca de vontade de ler agora, acredita que tenho esses livros há muito tempo e nem li, pois é, falta tempo, mas agora me empolguei para ler.

    http://www.lostgirlygirl.com


    bjos

    ResponderExcluir
  10. Não li o livro ainda, mas parece ser realmente bom, é o meu tipo de livro, adoro essas histórias mágicas! Pela resenha fiquei com vontade de ler, gosto de autor que consegue guiar e prender o leitor.
    Espero ter a oportunidade de ler essa série um dia!

    Obrigada pelo carinho. Beijos :*
    Claris - Plasticodelic

    ResponderExcluir
  11. Espero que leia mesmo, Claris! Acho que você vai amar tanto quanto eu!
    Obrigada pelo comentário!

    ResponderExcluir
  12. Michele, eu também passei um tempão com os livros na estante e sem coragem de começar. Mas vale muito a pena! Obrigada por comentar!

    ResponderExcluir
  13. Ei Monique...


    Nha tenho essa trilogia aqui em casa há uma tempão, comprei numa promo do sub e ainda não li. Depois dessa sua resenha ja estou mais animada. Quero ler ainda esse ano, nem que seja o livro 1 somente kkkk. Adorei a resenha, beijão

    ResponderExcluir
  14. Fabiiiiiiiii, leia porque é muito bom! Você não vai se arrepender. ;)

    ResponderExcluir