sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Lemos na Fábrica: Novembro 2016


O martelo de Thor (Magnus Chase e os Deuses de Asgard - Livro 02), Rick Riordan: O autor trouxe alguns questionamentos bem atuais nessa história e o Magnus está ficando mais maduro. Falei mais na resenha aqui

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Semana Rick Riordan: Meu amor por Percy Jackson e os Olimpianos



Adoro todas as histórias do Rick Riordan: elas sempre me divertem, emocionam e me informam. São tantos temas e tantos mitos que é difícil definir qual se gosta mais.Tenho um carinho especial por sua primeira saga porque foi meu primeiro contato com o autor e foi nela que meus personagens favoritos de todas as suas séries apareceram.

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

RESENHA: A filha perdida

“As coisas mais difíceis de falar são as que nós mesmos não conseguimos entender.” Com essa afirmação ao mesmo tempo simples e desconcertante Elena Ferrante logo alerta os leitores: preparem-se, pois verdades dolorosas estão prestes a ser reveladas.
Lançado originalmente em 2006 e ainda inédito no Brasil, o terceiro romance da autora que se consagrou por sua série napolitana acompanha os sentimentos conflitantes de uma professora universitária de meia-idade, Leda, que, aliviada depois de as filhas já crescidas se mudarem para o Canadá com o pai, decide tirar férias no litoral sul da Itália. Logo nos primeiros dias na praia, ela volta toda a sua atenção para uma ruidosa família de napolitanos, em especial para Nina, a jovem mãe de uma menininha chamada Elena que sempre está acompanhada de sua boneca. Cercada pelos parentes autoritários e imersa nos cuidados com a filha, Nina parece perfeitamente à vontade no papel de mãe e faz Leda se lembrar de si mesma quando jovem e cheia de expectativas. A aproximação das duas, no entanto, desencadeia em Leda uma enxurrada de lembranças da própria vida — e de segredos que ela nunca conseguiu revelar a ninguém.
No estilo inconfundível que a tornou conhecida no mundo todo, Elena Ferrante parte de elementos simples para construir uma narrativa poderosa sobre a maternidade e as consequências que a família pode ter na vida de diferentes gerações de mulheres.

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

GRAPHIC NOVEL: Nimona

Nimona é uma metamorfa sem limites nem papas na língua, cujo maior sonho é ser comparsa de Lorde Ballister Coração-Negro, o maior vilão que já existiu. Mas ela não sabia que seu herói possuía escrúpulos. Menos ainda uma deliberada missão.
Até conhecer Nimona, Ballister fazia planos que jamais davam certo. Felizmente, a garota tem muitas sugestões para reverter esse quadro. Infelizmente, a maioria envolve explosões, sangue e mortes. Agora, Coração-Negro não só tem que enfrentar seu arqui-inimigo e ex-amigo, o célebre e heroico Sir Ambrosius Ouropelvis, mas também impedir que a fiel comparsa destrua todo o reino ao tentar ajudá-lo. 
Uma história subversiva e irreverente que mistura magia, ciência, ação e muito humor sobre camadas e mais camadas de reflexão – entre uma batalha e outra, é claro. 

O grande trunfo é o desenvolvimento dos personagens. Eles são ricamente fora dos padrões esperados para uma história de heróis e nos cativam a cada página. O vilão aqui não é tão vilanesco quanto parece, o herói passa longe de ter atitudes dignas de tal título e a Nimona é a personagem que faz tudo acontecer: sejam as boas coisas ou as más. 

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Lemos na Fábrica: Outubro 2016

O mês de Outubro com certeza foi mais produtivo do que Setembro e fiz tantas boas leituras! Vamos conferir?


Histórias de Hogwarts: Poder, Política e Poltergeists Petulantes, J.K. Rowling: Nostalgia define tudo quer é ligado a Hogwarts e seus frequentadores. Deu saudade do Pirraça e do Nick Quase-Sem-Cabeça.

domingo, 4 de dezembro de 2016

SORTEIO: Destrua este diário em qualquer lugar + resultado Novembro


Olá, pessoal!

Vamos ao último sorteio do ano? Será de outro livro interativo, "Destrua este diário em qualquer lugar", criação da Keri Smith Para participar é só seguir as regras e o formulário abaixo:

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

RESENHA: Lembrança (A mediadora - Livro 07)

"Meg Cabot retorna com uma divertida e sexy continuação da saga de Suzannah Simon, a menina que via fantasmas... e os ajudava a passar para a luz Agora, mais velha e experiente, tudo que Suze quer é causar uma boa impressão no primeiro emprego desde sua formatura — e desde o noivado com o Dr. Jesse de Silva, ex-espírito e sua alma gêmea. Como não bastasse, um fantasma de seu passado resolve aparecer. E esse não é um espectro que ela possa mediar. Afinal, Paul Slater está bem vivo, milionário e, ainda por cima, é o novo proprietário da antiga casa de Suzannah. Aquela na qual conheceu Jesse. Isso não seria um problema se ela não tivesse acabado de descobrir que uma antiga maldição poderá transformar seu amado num demônio, caso seu antigo local de descanso seja demolido, como Paul pretende. Agora ela precisa dar um jeito em Paul, que a está chantageando sexualmente — isso mesmo... ou ela dorme com ele, ou perde Jesse —, enquanto tenta ajudar uma caloura assombrada por uma menininha muito poderosa... "

Faz um bom tempo desde que li os seis livros da série "A mediadora". Lembro que a primeira coisa pela qual me interessei foi os dons que a Suze mostrava e como era diferente do que geralmente vemos quando de trata de fantasmas na literatura. Depois, fui curtindo a personalidade da Suze, implicando e adorando aos mesmo tempo a forma que ela resolvia suas mediações. Os personagens que foram surgindo e ficando na história também me agradavam bastante: desde os três meios irmãos da Suze, quanto suas amigas e, muito obviamente, o Jesse. O Jesse, por sinal, chama a atenção para o livro por si só: embora com seus pensamentos ainda locados no século XIX, ele era tão gentil e cuidadoso com a Suze que era dificil não curti-lo.

terça-feira, 22 de novembro de 2016

Lemos na Fábrica: Setembro 2016

Enquanto meu mês de Agosto foi recheado de leituras, o mês de Setembro foi pouco produtivo, mas as leituras valeram a pena.


Como me vejo o mundo, Thyeri Bione: Difícil não falar bem de livro de amigo, não é? Mas a verdade é que este livro é um pedaço diferente do Thyeri que conheço e foi muito bom ver esse lado dele.

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

RESENHA: O Martelo de Thor (Magnus Chase e os Deuses de Asgard - Livro 02)

Em A Espada do Verão, primeiro livro da série, os leitores são apresentados a Magnus Chase, um herói boa-pinta que é a cara do astro de rock Kurt Cobain. Morador de rua, sua vida muda completamente quando ele é morto por um gigante do fogo. Por sorte, na mitologia nórdica os heróis mortos vão parar em Valhala, o paraíso pós-vida dos guerreiros vikings. Lá, Magnus descobre que é filho de Frey, o deus do verão, da fertilidade e da medicina.
Desde então, seis semanas se passaram, e nesse meio-tempo o garoto começou a se acostumar ao dia a dia no Hotel Valhala. Quer dizer, pelo menos o máximo que um ex-morador de rua e ex-mortal poderia se acostumar. Magnus não é tão popular quanto os filhos dos deuses da guerra, como Thor e Tyr, mas fez bons amigos e está treinando para o dia do Juízo Final com os soldados de Odin — tudo segue na mais completa paz sanguinolenta do mundo viking.
Mas Magnus deveria imaginar que não seria assim por muito tempo. O martelo de Thor ainda está desaparecido. E os inimigos do deus do trovão farão de tudo para aproveitar esse momento de fraqueza e invadir o mundo humano.

domingo, 6 de novembro de 2016

SORTEIO: "O mundo imaginário de..." + resultado Outubro


Olá, pessoal!

O sorteio deste mês é do livro interativo "O mundo imaginário de ...", criação da Keri Smith Para participar é só seguir as regras e o formulário abaixo:

RESENHA: Legado (Silo - Livro 03)

SILO apresentou o abrigo e seus habitantes. ORDEM contou a história de sua formação. 
LEGADO relata sua ruína. 

A batalha pelo Silo já foi vencida. A guerra pela humanidade só está começando. É um tempo em que, para sobreviver, os humanos precisam se manter em cidades subterrâneas, aprisionados, sem ligação com o mundo lá fora. Esse é o universo de Silo, a série de ficção científica e fantasia escrita por Hugh Howey. 
Juliette, uma operária nascida nos subterrâneos, é a heroína da trama apocalíptica. Em Legado, ela se torna prefeita do Silo 18, que está se recuperando de uma rebelião. Seu governo encontra grande resistência por causa da controversa escavação para resgatar os supostos sobreviventes do Silo 17, uma empreitada vista com desconfiança que está espalhando o medo entre os moradores do Silo 18.
Como se isso não fosse um desafio grande o bastante, Juliette também recebe transmissões de Donald, a voz que alega ser líder do Silo 1 e está disposta a ajudar — mas também é capaz de fazer ameaças horríveis. Talvez Donald não seja o monstro que Juliette vê. Quem sabe ele não é a peça-chave para a salvação de toda a espécie humana? Mas será que ainda há tempo? 
No último volume da série Silo, as escolhas de Donald e Juliette podem mudar o mundo… ou extingui-lo de vez. 

RESULTADO: Sorteio "O amor segundo Buenos Aires"


Oi, pessoal!

Vamos ao resultado do sorteio do livro "O amor segundo Buenos Aires" realizado em parceria com a Editora Intrínseca?

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Lemos na Fábrica: Agosto 2016

Eu li tanto em Agosto, mas tanto, que estou até agora impressionada comigo mesma. Ajudou bastante na minha meta de leitura, que provavelmente não será batida, e foram leituras bem interessantes.


Lugar nenhum, Neil Gaiman: Neil Gaiman sempre bom, embora inicialmente eu tenha sofrido com o livro. Falei mais sobre  aqui.

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

SORTEIO: O amor segundo Buenos Aires


Oi, pessoal!

Em parceria com a Editora Intrínseca, vamos sortear um exemplar de "O amor segundo Buenos Aires" do talentoso autor Fernando  Para participar é só seguir as regras abaixo:

quarta-feira, 12 de outubro de 2016

RESENHA: O amor segundo Buenos Aires

Buenos Aires, com suas largas avenidas, cafés em estilo europeu e bairros charmosamente decadentes, é cenário e ao mesmo tempo personagem das histórias de amor presentes neste romance arrebatador.
É por amor que Hugo deixa o Brasil rumo à capital argentina. Embora o relacionamento com Leonor não sobreviva, seu fascínio pela cidade resiste à dor da separação. Hugo cria laços com o arquiteto Eduardo e com a comissária de bordo Carolina, que evidenciam o poder regenerador das amizades verdadeiras. Ele se reaproxima de seu pai, Pedro, que troca a rotina de um casamento desgastado por uma vida em que é possível encontrar profundos afetos.
Cada personagem tem a oportunidade de contar a sua versão dos fatos, numa trama absolutamente democrática. Impossível não se encantar com a presença de espírito e o senso de humor de Carolina, a lealdade de Eduardo, a sensatez e a determinação de Daniel, o jeito excêntrico de Charlotte. Em comum, esses personagens adoráveis têm uma enorme capacidade de amar

Demorei bastante para fazer a resenha porque este livro me conquistou com sua história simples, mas bastante sensível em seu olhar sobre o dia a dia, os relacionamentos pessoais - tanto amorosos como de amizade e familiares - e não estava me achando muito apta a falar sobre ele. Ainda não estou, para falar a verdade, principalmente sobre a personagem mais presente e atuante da história: Buenos Aires. 

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

SORTEIO: Os afetos + resultado Setembro


Olá, pessoal!

Como no mês anterior, o sorteio é de um livro já resenhado aqui no blog: "Os afetos", do Rodrigo HasbúnPara participar é só seguir as regras e o formulário abaixo:

sábado, 1 de outubro de 2016

RESENHA: Faca de Água

Num futuro árido e tumultuado, em que a água ganhou o status de commodity mais valiosa, o direito de uso das fontes e dos rios é alvo de disputas ferrenhas. Uma guerra entre governos, órgãos públicos e empresários, na qual vale tudo. Enquanto advogados e burocratas armam-se com infinitos processos judiciais, mercenários e militares subjugam proprietários de terra, implodem estações de tratamento e interrompem o abastecimento de regiões inteiras.
Nesse cenário surge Angel, um faca de água, um dos muitos mercenários com a missão de cortar e desviar o fornecimento de água a mando de quem paga mais. Lucy é uma jornalista premiada que decidiu revelar para o mundo a realidade da Grande Seca. Maria é uma jovem cuja vida foi destruída pelos efeitos das mudanças climáticas. Quando o direito de usar a água significa dinheiro para alguns e sobrevivência para outros, o que esses três personagens não sabem é que seu encontro é um marco que poderá mudar tudo. Um novo fiel da balança que sempre pendeu para o mesmo lado.
Futurista, mas nada improvável, Faca de Água é um thriller que perpassa por questões econômicas, ambientais e éticas numa narrativa que extrapola o gênero, daquelas que se lê de uma tacada só e depois leva-se um longo tempo assimilando. 

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

RESENHA: Belgravia

Ambientada nos anos 1840, quando os altos escalões da sociedade londrina começam a conviver com a classe industrial emergente, e com um riquíssimo rol de personagens, a saga de Belgravia tem início na véspera da Batalha de Waterloo, em junho de 1815, no lendário baile oferecido em Bruxelas pela duquesa de Richmond em homenagem ao duque de Wellington.
Pouco antes de uma da manhã, os convidados são surpreendidos pela notícia de que Napoleão invadiu o país. O duque de Wellington precisa partir imediatamente com suas tropas. Muitos morrerão no campo de batalha ainda vestidos com os uniformes de gala.
No baile estão James e Anne Trenchard, um casal que fez fortuna com o comércio. Sua bela filha, Sophia, encanta os olhos de Edmund Bellasis, o herdeiro de uma das famílias mais proeminentes da Bretanha. Um único acontecimento nessa noite afetará drasticamente a vida de todos os envolvidos. Passados vinte e cinco anos, quando as duas famílias estão instaladas no recente bairro de Belgravia, as consequências daquele terrível episódio ainda são marcantes, e ficarão cada vez mais enredadas na intrincada teia de fofocas e intrigas que fervilham no interior das mansões da Belgrave Square.

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Lemos na Fábrica: Julho 2016

Como milhares de anos de atraso, apareço com o que li em Julho. Não foi um mês muito produtivo, mas aproveitei demais tudo que li.


O Oráculo oculto - As provações de Apolo - Livro 01, Rick Riordan: Sou fã do tio Rick e O Oráculo Oculto só me fez lembrar o quanto eu me diverti em Percy Jackson. Mais sobre minha experiência de leitura aqui.

sexta-feira, 9 de setembro de 2016

RESENHA: Ser feliz é assim

A vida — assim como o amor — é cheia de conexões inesperadas e enganos oportunos. Uma ligeira mudança no curso pode gerar consequências surpreendentes. Afinal, às vezes, o desvio, o atalho é o verdadeiro caminho. A estrada que deveríamos ter escolhido desde sempre... Se pelo menos tivéssemos a coragem de fazer do coração nossa bússola.

Graham Larkin e Ellie O'Neill não poderiam ser mais diferentes. O rapaz é um ídolo adolescente, um astro das telas de cinema; uma vida calcada na imagem. O cotidiano constantemente sob o escrutínio dos refletores. Agentes, produtores, RPs, assessores... Já Ellie passou a vida escondida nas sombras, fugindo de um escândalo do passado enterrado em sua árvore genealógica.

Mas, mesmo sem aparentemente nada em comum, os dois acabam se conhecendo — ainda que virtualmente — quando Graham envia a Ellie, por engano, um e-mail falando sobre o porco de estimação Wilbur. Esse primeiro contato leva a uma correspondência virtual entre os dois, embora não saibam nem o nome um do outro. Os dois trocam detalhes sobre suas vidas, esperanças e medos.

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

SORTEIO: O livro secreto + resultado Agosto



Olá, pessoal!

Novo sorteio no ar e é de um livro já resenhado aqui no blog: "O livro secreto"Para participar é só seguir as regras e o formulário abaixo:

RESENHA: Minha vida fora de série - 3ª temporada

Dois anos se passaram desde a 2ª temporada de Minha vida fora de série. Priscila, agora com 19 anos, percebe que tem que deixar a adolescência para trás e começar a lidar com as responsabilidades da vida adulta: o namoro com Rodrigo, cada vez mais sério; o início da faculdade, que ela ainda tem dúvidas se escolheu a certa; as novidades na família, que mais uma vez transformam seu cotidiano. Mas, como nos seriados que tanto ama, ela também vai passar por muitas reviravoltas e confusões, e descobrir que alguns acontecimentos de episódios passados podem afetar os atuais. Não perca mais esta temporada imperdível da vida fora de série de Priscila.

Os livros da Paula Pimenta me remetem sempre a nostalgia. Aquela época que as coisas mais banais eram eternas e que todos nós tínhamos a urgência e certeza de tudo que nos cercava. Priscila está vivendo esse momento e muito do que ela considerava imutável está se transformando na sua frente. Da mesma forma que Fazendo meu filme 3 nos trouxe a transição de adolescente para adulta da Fani e Leo, Minha vida fora de série 3, mostra este mesmo momento só que do ponto de vista da Pricila e do Rodrigo.

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

RESENHA: Uma canção de ninar

Remy não acredita no amor. Sempre que um cara com quem está saindo se aproxima demais, ela se afasta, antes que fique sério ou ela se machuque. Tanta desilusão não é para menos: ela cresceu assistindo os fracassos dos relacionamentos de sua mãe, que já vai para o quinto casamento. Então como Dexter consegue fazer a garota quebrar esse padrão, se envolvendo pra valer? Ele é tudo que ela odeia: impulsivo, desajeitado e, o pior de tudo, membro de uma banda, como o pai de Remy — que abandonou a família antes do nascimento da filha, deixando para trás apenas uma música de sucesso sobre ela. Remy queria apenas viver um último namoro de verão antes de partir para a faculdade, mas parece estar começando a entender aquele sentimento irracional de que falam as canções de amor.

Logo de cara o que me ganhou foi uma protagonista cheia de grandes diferenças em relação as dos livros anteriores da Sarah. Aqui não vemos uma garota romântica, um tanto inexperiente em relação a relacionamentos ou mais politicamente correta. Remy pode até ser organizada e decidida, mas adora beber, troca de namorado com frequência e geralmente é ela quem dispensa-os e, principalmente, não trata o sexo como um tabu. 

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Mangá - Primeiro volume: Fullmetal Alchemist


Sinopse oficial: Nada pode ser obtido sem uma espécie de sacrifício. É preciso oferecer em troca alguma coisa de valor igual. Esse é o princípio básico da Alquimia, a Leia da Troca Equivalente. E foi acreditando que essa lei fosse absoluta que os irmãos Edward e Alphonse Elric quebraram o maior tabu entre os alquimistas: realizaram uma transmutação humana para trazer de volta à vida sua mãe. Mas tudo deu errado. No processo, Ed perde a perna esquerda e, para salvar ao menos a alma de seu irmão mais novo, ele sacrifica seu braço direito para fixá-la a uma armadura medieval.

terça-feira, 9 de agosto de 2016

RESENHA: Lugar Nenhum

Publicado pela primeira vez em 1997, a partir do roteiro para uma série de TV, o sombrio e hipnótico Lugar Nenhum, primeiro romance de Neil Gaiman, anunciou a chegada de um grande nome da literatura contemporânea e se tornou um marco da fantasia urbana. Ao longo dos anos, diferentes versões foram publicadas nos Estados Unidos e na Inglaterra, e Neil Gaiman elaborou, a partir desse material, um texto que viesse a ser definitivo: esta edição preferida do autor.
Em Lugar Nenhum, Richard Mayhew é um homem simples de coração bom que tem a vida transformada quando ajuda uma jovem que encontra ferida numa calçada. De um dia para o outro, Richard se torna invisível na Londres que sempre conheceu: não tem mais trabalho, não tem mais noiva, não tem mais casa. Para recuperar sua vida, ele se embrenha em um mundo que nunca sonhou existir, uma cidade que se abre nos esgotos e nos túneis subterrâneos: a chamada Londres de Baixo, em que personagens únicos e cenários mirabolantes fazem a Londres de Cima parecer uma mera paisagem cinza.
Com muita ação, um bom humor peculiar e evocações sombrias de um mundo fantástico, Lugar Nenhum é leitura indispensável para os fãs de Neil Gaiman e um rico prazer para os que ainda não conhecem o autor.

terça-feira, 2 de agosto de 2016

SORTEIO: Miniaturista + resultado de Julho



Olá, pessoal!

Novo sorteio no ar e desta vez é de um livro já resenhado aqui no blog: "Miniaturista", da Jessie Burton. Para participar é só seguir as regras e o formulário abaixo:

Mangá - Primeiro volume: Noragami



Sinopse oficial: Conheça Yato, um rapaz de agasalho e sem-teto que se autodenomina um deus.
Apesar de sua personalidade um tanto quanto indelicada e temperamental, por uma pequena quantia ele se dispõe a realizar os desejos daqueles que estão com problemas, fazendo o que sabe fazer de melhor: “cortar” qualquer coisa que habite este ou o outro mundo, assim como o limiar entre os dois! Fonte: site Panini

sexta-feira, 29 de julho de 2016

RESENHA: Depois de você (Como eu era antes de você - Livro 02)

Quando uma história termina, outra tem que começar.
Com mais de 5 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, Como eu era antes de você conta a história do relacionamento entre Will Traynor e Louisa Clark, cujo fim trágico deixou de coração apertado os milhares de fãs da autora Jojo Moyes.
Em Depois de você, Lou ainda não superou a perda de Will. Morando em um flat em Londres, ela trabalha como garçonete em um pub no aeroporto. Certo dia, após beber muito, Lou cai do terraço. O terrível acidente a obriga voltar para a casa de sua família, mas também a permite conhecer Sam Fielding, um paramédico cujo trabalho é lidar com a vida e a morte, a única pessoa que parece capaz de compreendê-la.
Ao se recuperar, Lou sabe que precisa dar uma guinada na própria história e acaba entrando para um grupo de terapia de luto. Os membros compartilham sabedoria, risadas, frustrações e biscoitos horrorosos, além de a incentivarem a investir em Sam. Tudo parece começar a se encaixar, quando alguém do passado de Will surge e atrapalha os planos de Lou, levando-a a um futuro totalmente diferente.

terça-feira, 19 de julho de 2016

Mangá - Primeiro Volume: Ore Monogatari!!


Sinopse oficial: Takeo Gouda, estudante do primeiro ano do colegial. Altura aproximada, dois metros; peso aproximado, 120 quilos.Todas as garotas de quem ele já gostou até hoje acabaram apaixonadas por Sunakawa, o seu amigo de infância bonitão. Mas Takeo é íntegro, honesto, meio bronco e um pouco desligado, enfim, o homem que todo homem gostaria de ter como amigo! Um belo dia, ele salva uma garota que está sendo assediada dentro do trem e esse é o presságio da primavera do amor chegando para o Takeo… ou não?! Venham nos acompanhar nesta comédia ingênua e hilária, repleta de risos, lágrimas e muitos corações palpitando! Fonte: site Panini

quinta-feira, 14 de julho de 2016

Lemos na Fábrica: Junho 2016



"O amor segundo Buenos Aires", Fernando Scheller: Que livro sensível. Eu gostei tanto da maneira que o autor trata os relacionamentos, as decepções, a amizade e os encontros. Logo faço resenha.

"Como eu era antes de você", Jojo Moyes: Sim, devo ser a última pessoa no universo que leu esse livro, mas em minha defesa, acho que não teria momento melhor para a leitura. Gostei muito e a culpa é do final.

quinta-feira, 7 de julho de 2016

RESENHA: O oráculo oculto (As provações de Apolo - Livro 01)

Como você pune um deus imortal? Transformando-o em humano, claro! Depois de despertar a fúria de Zeus por causa da guerra com Gaia, Apolo é expulso do Olimpo e vai parar na Terra, mais precisamente em uma caçamba de lixo em um beco sujo de Nova York. Fraco e desorientado, ele agora é Lester Papadopoulos, um adolescente mortal com cabelo encaracolado, espinhas e sem abdome tanquinho. Sem seus poderes, a divindade de quatro mil anos terá que descobrir como sobreviver no mundo moderno e o que fazer para cair novamente nas graças de Zeus. 
O problema é que isso não vai ser tão fácil. Apolo tem inimigos para todos os gostos: deuses, monstros e até mortais. Com a ajuda de Meg McCaffrey, uma semideusa sem-teto e maltrapilha, e Percy Jackson, ele chega ao Acampamento Meio-Sangue em busca de ajuda, mas acaba se deparando com ainda mais problemas. Vários semideuses estão desaparecidos e o Oráculo de Delfos, a fonte de profecias, está na mais completa escuridão. 
Agora, o ex-deus terá que solucionar esses mistérios, recuperar o oráculo e, mais importante, voltar a ser o imortal belo e gracioso que todos amam.

terça-feira, 5 de julho de 2016

SORTEIO: As estranhas e belas mágoas de Ava Lavender + resultado



Olá, pessoal!

Sorteio vai começar bem atrasado esse mês não é? Bem, fiquei um tempo sem internet e o trabalho vem ocupando um espaço significativo por esses dias. Enfim, vamos ao sorteio! O livro é "As estranhas e belas mágoas de Ava Lavender", de Leslye WaltonPara participar é só seguir as regras e o formulário abaixo:

domingo, 3 de julho de 2016

RESENHA: Os afetos

Uma peculiar família de desbravadores, os Ertl decidem se exilar na Bolívia depois da derrota da Alemanha na Segunda Guerra Mundial. O desejo por aventura de Hans, o patriarca que fora cinegrafista da cineasta alemã Leni Riefenstahl, o leva a arrastar esposa e filhas em expedições em busca da cidade inca de Paitití, escondida na Selva Amazônica. Essa ânsia pelo desconhecido, com toda sua imprecisão e loucura, contagiará as meninas de diferentes formas, mas será Monika, a mais velha e audaciosa das três, a única a herdar o caráter inconformista do pai, porém com um objetivo muito mais temerário.
Com elementos biográficos, históricos e ficcionais e narrado por diferentes personagens, Os afetos compreende um período de cinquenta anos da vida dos integrantes da família Ertl. Na polifonia da qual participam pai, mãe, filhas, mas também amantes e maridos, Rodrigo Hasbún reconta, à margem do idealismo, a convulsão política que abalou a América Latina na década de 1960, explorando as dificuldades que surgem ao se tentar conciliar as consequências das próprias decisões, tanto políticas quanto sentimentais.
Um romance intenso e cheio de beleza, Os afetos evidencia como é possível estar ao mesmo tempo perto e distante daqueles a quem somos ligados pelo sobrenome e pelas memórias compartilhadas e também como essas memórias nem sempre são um terreno seguro.

domingo, 19 de junho de 2016

Mangá - Primeiro volume: Knights of Sidonia


Sinopse oficial: Faz mil anos desde a destruição do Sistema Solar pelos Gaunas. A gigantesca nave espacial Sidonia viaja pelo universo para garantir a sobrevivência da espécie humana. O jovem Nagate Tanikaze, que cresceu no nível mais inferior da nave, acaba sendo recrutado para ser um dos pilotos que protegem Sidonia. E assim abrem‑se as cortinas de uma nova batalha na qual Nagate terá de arriscar a sua vida pelo futuro da humanidade! O mangá que deu origem à série de sucesso do Netflix! Fonte: site JBC

quinta-feira, 9 de junho de 2016

Lemos na Fábrica: Maio 2016

Que tal conferir como foram as minhas leituras de Maio? Eu gostei muito das minhas escolhas e me despedi de duas séries de mangá que eu adoro! 

quinta-feira, 2 de junho de 2016

SORTEIO: Vermelho como o sangue + resultado



Olá, pessoal!

Sorteio do mê no ar! O livro é "Vermelho como o sangue", do Salla SimukkaPara participar é só seguir as regras e o formulário abaixo:

quarta-feira, 1 de junho de 2016

RESENHA: Norte e sul

Margaret Hale é uma mulher forte, filha de um ministro religioso, que se muda para a cidade de Milton, no norte da Inglaterra. Margaret vê o sul, lugar onde nasceu como símbolo do idílio rural, o triunfo da harmonia social e do decoro. Imagem que se contrapõe com o norte e seu ambiente sujo, rude e violento. Ela se depara com a difícil realidade da população local, encontra novas amizades e o surgimento de uma crescente atração por John Thornton, dono de uma fábrica têxtil.

Meu interesse no livro começou com a agenda de leitura do Clube do livro que participo. Ele foi escolhido para ser debatido em junho, e me organizei para me dedicar as suas mais de setecentas páginas. Tive medo de não gostar, ou achar a leitura cansativa, e ainda bem que nada disso aconteceu.

É parte essencial do livro o momento histórico no qual Norte e Sul está ambientado. Quando a revolução industrial se tornou evidente alterou a forma de ganhar a vida e o aspecto de várias cidades europeias. Elizabeth Gaskell mostra que muitas destas mudanças não eram aceitas facilmente e, como o próprio título do livro evidencia, as diferenças entre as regiões norte e sul da Inglaterra se tornam latentes.

domingo, 29 de maio de 2016

Mangá - Primeiro volume: Lovely Complex


Sinopse oficial: Risa Koizumi é uma garota complexada por ser mais alta do que a maioria das meninas da sua idade, e ela se sente ainda mais incomodada quando está ao lado de Otani, o garoto mais baixo da turma.Cansados de serem apontados por todos como “o casal cômico da escola”, os dois juntam forças para conquistarem suas paixões e deixarem de ser uma triste dupla de comediantes!

terça-feira, 24 de maio de 2016

RESENHA: Alucinadamente feliz

Jenny Lawson está longe de ser uma pessoa comum. Ela mesma se considera colecionadora de transtornos mentais, já que é uma depressiva altamente funcional com transtorno de ansiedade grave, depressão clínica moderada, distúrbio de automutilação brando, transtorno de personalidade esquiva e um ocasional transtorno de despersonalização, além de tricotilomania (que é a compulsão de arrancar os cabelos). Por essa perspectiva, sua vida pode parecer um fardo insustentável. Mas não é.
Após receber a notícia da morte prematura de mais um amigo, Jenny decide não se deixar levar pela depressão e revidar com intensidade, lutando para ser alucinadamente feliz. Mesmo ciente de que às vezes pode acabar uma semana inteira sem energia para levantar da cama, ela resolve que criará para si o maior número possível de experiências hilárias e ridículas a fim de encontrar o caminho de volta à sanidade.
É por meio das situações mais inusitadas que a autora consegue encarar seus transtornos de forma direta e franca, levando o leitor a refletir sobre como a sociedade lida com os distúrbios mentais e aqueles que sofrem deles, sem nunca perder o senso de humor. Jenny parte do princípio de que ninguém deveria ter vergonha de assumir uma crise de ansiedade, ninguém deveria menosprezar o sofrimento alheio por ele ser psicológico, e não físico. Ao contrário, é justamente por abraçar esse lado mais sombrio da vida que se torna possível experimentar, com igual intensidade, não só a dor, mas a alegria.

domingo, 15 de maio de 2016

RESENHA: Temporada de Acidentes

Guardem as facas, protejam as quinas dos móveis, não mexam com fogo. 
A temporada de acidentes vai começar.

Acontece todo ano, na mesma época. Todo mês de outubro, inexplicavelmente, Cara e sua família se tornam vulneráveis a acidentes. Algumas vezes, são apenas cortes e arranhões. Em outras, acontecem coisas horríveis, como quando o pai e o tio dela morreram. A temporada de acidentes é um medo e uma obsessão. Faz parte da vida de Cara desde que ela se entende por gente. E esta promete ser uma das piores. 
No meio de tudo, ainda há segredos de família e verdades dolorosas, que Cara está prestes a descobrir. Neste outubro, ela vai se apaixonar perdidamente e mergulhar fundo na origem sombria da temporada de acidentes. Por que, afinal, sua família foi amaldiçoada? E por que não conseguem se livrar desse mal? 
Uma narrativa sombria, melancólica e intensa sobre uma família que precisa lidar com seus segredos e medos antes que eles a destruam.

terça-feira, 10 de maio de 2016

RESENHA: Do que eu falo quando eu falo de corrida

Em 1982, Haruki Murakami decidiu vender seu bar de jazz em Tóquio para se dedicar à escrita. Nesse mesmo período, começou a correr para se manter em forma. Um ano mais tarde, ele completou, sozinho, o trajeto entre Atenas e a cidade de Maratona, na Grécia, e viu que estava no caminho certo para se tornar um corredor de longas distâncias.
Os anos se passaram, e os romances de Murakami ganharam o mundo. Traduzido em 38 idiomas, ele é um dos autores mais importantes da atualidade. É também um maratonista experimentado e um triatleta. Agora, ele reflete sobre a influência que o esporte teve em sua vida e, sobretudo, em seu texto.
Este é um livro bem-humorado e sensível, filosófico e revelador, tanto para os fãs deste grande e reservado escritor quanto para as inúmeras pessoas que encontram satisfação semelhante nas corridas.

Em um ano virei fã do Murakami. Sendo assim, fiquei curiosa como foi o início de carreira dele, como escrever tornou-se sua profissão e "Do que eu falo quando eu falo de corrida" me trouxe repostas para algumas dessas perguntas, mas não do jeito que eu imaginava.

sexta-feira, 6 de maio de 2016

Lemos na Fábrica: Abril 2016

Minhas leituras do mês de Abril foram maravilhosas. Rendeu bem mais do que eu imaginava e fiquei feliz de tirar mais um livro que estava pegando poeira na minha estante. Então, vamos lá!


Um presente da Tiffany, Melissa Hill: Um livro bem leal, mas que provavelmente vai agradar quem gosta mais de romance. Comentei sobre ele aqui.

segunda-feira, 2 de maio de 2016

SORTEIO: "A desconhecida" + resultado



Olá, pessoal!

Vamos ao sorteio do mês? O livro é "A desconhecida", do Peter Swanson. Para participar é só seguir as regras e o formulário abaixo:

domingo, 1 de maio de 2016

RESENHA: Dama da Meia-noite (Os artifícios das trevas - livro 01)

Em um mundo secreto onde guerreiros meio-anjo juraram lutar contra demônios, parabatai é uma palavra sagrada. O parabatai é o seu parceiro na batalha. O parabatai é seu melhor amigo. Parabatai pode ser tudo para o outro mas eles nunca podem se apaixonar. Emma Carstairs é uma Caçadora de Sombras, uma em uma longa linhagem de Caçadores de Sombras encarregados de protegerem o mundo de demônios. Com seu parabatai Julian Blackthorn, ela patrulha as ruas de uma Los Angeles escondida onde os vampiros fazem festa na Sunset Strip, e fadas estão à beira de uma guerra aberta com os Caçadores de Sombras. Quando corpos de seres humanos e fadas começam a aparecer mortos da mesma forma que os pais de Emma foram assassinados anos atrás, uma aliança é formada. Esta é a chance de Emma de vingança e a possibilidade de Julian ter de volta seu meio-irmão fada, Mark, que foi sequestrado há cinco anos. Tudo que Emma, Mark e Julian tem a fazer é resolver os assassinatos dentro de três semanas antes que o assassino coloque eles na mira. Suas buscas levam Emma de cavernas no mar cheias de magia para uma loteria sombria onde a morte é dispensada. Enquanto ela vai descobrindo seu passado, ela começa a confrontar os segredos do presente: o que Julian vem escondendo dela todos esses anos? Por que a Lei Shadowhunter proíbe parabatais de se apaixonarem? Quem realmente matou seus pais e ela pode suportar saber a verdade? A magia e aventura das Crônicas dos Caçadores de Sombras tem capturado a imaginação de milhões de leitores em todo o mundo. Apaixone-se com Emma e seus amigos neste emocionante e de cortar o coração no volume que pretende deliciar tantos novos leitores como os fãs de longa data.

segunda-feira, 25 de abril de 2016

Semana Especial: Simon vs. a agenda Homo Sapiens


Olá!

Vou voltar a falar de um livro que adorei: Simon vs. a agenda Homo Sapiens. A Editora Intrínseca organizou um semana dedicada ao livro que trata de temas super importantes de forma bem humorada e muito sensível. Hoje vamos nos focar nos emails que Simon, sob o codinome Jacques, troca com Blue.

quinta-feira, 21 de abril de 2016

Lemos na Fábrica: Março 2016

Março foi um mês que não li tanto quanto gostaria, mas que me recompensou com uma qualidade de leitura muito alta. Gostei de todas as minhas leituras. Vamos conferir?


Meu quintal é maior que o mundo, Manoel de Barros: Não sou muito de ler poesia e poemas, mas eu curti muito o livro e estilo de escrita do autor.

domingo, 17 de abril de 2016

RESENHA: Um presente da Tiffany

Véspera de Natal na Quinta Avenida: dois homens estão comprando presentes para as mulheres que amam.
Gary quer dar para a namorada, Rachel, uma pulseira de berloques. Em parte, como agradecimento por ela ter pagado a viagem a Nova York durante as festas de fim de ano, mas principalmente porque ele deixou, como sempre, tudo para a última hora.
Enquanto isso, Ethan está procurando algo mais especial — um anel de noivado para Vanessa, a mulher que conseguiu levar felicidade à sua vida e à de sua filha depois da morte da primeira esposa, que ele amava tanto.
A vida desses dois casais acaba se cruzando por acidente. Quando as sacolas de compras dos dois homens se misturam sem que ninguém perceba, Rachel ganha o anel de noivado que seria de Vanessa, e encontrar a joia para entregá-la à sua legítima dona revela-se uma tarefa mais complicada do que Ethan imaginava.
Será que o destino tem algo inesperado reservado para os casais? Ou será a magia da Tiffany que está no ar?

quinta-feira, 14 de abril de 2016

RESENHA: Simon vs. a agenda Homo Sapiens

Simon tem dezesseis anos e é gay, mas ninguém sabe. Sair ou não do armário é um drama que ele prefere deixar para depois. Tudo muda quando Martin, o bobão da escola, descobre uma troca de e-mails entre Simon e um garoto misterioso que se identifica como Blue e que a cada dia faz o coração de Simon bater mais forte.
Martin começa a chantageá-lo, e, se Simon não ceder, seu segredo cairá na boca de todos. Pior: sua relação com Blue poderá chegar ao fim, antes mesmo de começar.
Agora, o adolescente avesso a mudanças precisará encontrar uma forma de sair de sua zona de conforto e dar uma chance à felicidade ao lado do menino mais confuso e encantador que ele já conheceu.
Uma história que trata com naturalidade e bom humor de questões delicadas, explorando a difícil tarefa que é amadurecer e as mudanças e os dilemas pelos quais todos nós, adolescentes ou não, precisamos enfrentar para nos encontrarmos.

O assunto é tão atual. Vivemos uma período de muita discussão sobre sexualidade e questões de gênero e esse foi um dos motivos que me levaram a ler Simon vs a agenda Homo Sapiens. A outra foi a forma bem humorada de tratar do assunto que a sinopse prometia. Então fui animada ler o livro da Becky Albertalli e não me arrependo nem um pouco.

domingo, 10 de abril de 2016

SORTEIO: O Bangalô + resultado


Olá, pessoal!

Sorteio do mês na área, assim como o resultado do sorteio de Março. O livro é "O Bangalô", da Sarah Jio. Para participar é só seguir as regras e o formulário abaixo:

Lemos na Fábrica: Janeiro e Fevereiro 2016

Faz tempo que fiz um "Lemos na Fábrica" né? Bem, vou tentar por em dia, então juntei os dois deste ano para postar ainda em Março, mas como a abençoada da minha internet não ajudou, estou ainda mais atrasada que antes. Vamos?


Pensamento Chão, Viviane Mosé: Não sou uma leitora assídua de poesia e poemas, mas acho a leitura do livro da Mosé uma ótima indicação. Eu gostei muito.

quarta-feira, 23 de março de 2016

RESENHA: Toda luz que não podemos ver

Marie-Laure vive em Paris, perto do Museu de História Natural, onde seu pai é o chaveiro responsável por cuidar de milhares de fechaduras. Quando a menina fica cega, aos seis anos, o pai constrói uma maquete em miniatura do bairro onde moram para que ela seja capaz de memorizar os caminhos. Na ocupação nazista em Paris, pai e filha fogem para a cidade de Saint-Malo e levam consigo o que talvez seja o mais valioso tesouro do museu. Em uma região de minas na Alemanha, o órfão Werner cresce com a irmã mais nova, encantado pelo rádio que certo dia encontram em uma pilha de lixo. Com a prática, acaba se tornando especialista no aparelho, talento que lhe vale uma vaga em uma escola nazista e, logo depois, uma missão especial: descobrir a fonte das transmissões de rádio responsáveis pela chegada dos Aliados na Normandia. Cada vez mais consciente dos custos humanos de seu trabalho, o rapaz é enviado então para Saint-Malo, onde seu caminho cruza o de Marie-Laure, enquanto ambos tentam sobreviver à Segunda Guerra Mundial.Uma história arrebatadora contada de forma fascinante. Com incrível habilidade para combinar lirismo e uma observação atenta dos horrores da guerra, o premiado autor Anthony Doerr constrói, em Toda luz que não podemos ver, um tocante romance sobre o que há além do mundo visível.

segunda-feira, 14 de março de 2016

MANGÁ: Black Bird


SINOPSE: O mangá conta a historia de Misao Harada, uma garota que desde criança consegue ver seres sobrenaturais que apenas ela via. Esses seres se divertem atormentando-a: puxam seu cabelo, a fazem tropeçar e se penduram nela (dificultando sua locomoção), fazendo com que ela pareça alienada e desastrada. Por ser a única que os via, Misao se sentia muito solitária até conhecer o filho de seu vizinho que também podia vê-los e a defendia deles. Um dia ele teve de partir, deixando a promessa que um dia retornaria para buscá-la. Ele foi seu primeiro amor e, apesar de Misao não conseguir se lembrar de seu nome ou rosto, ainda guardava essas lembranças com carinho e desejava revê-lo. Com o tempo, a jovem aprende a ignorar essas criaturas para tentar levar uma vida normal.

segunda-feira, 7 de março de 2016

RESULTADO: P.S. Ainda amo você


Oi, gente!

Vamos descobrir que teve a sorte de ganhar exemplar de "P.S.: Ainda amo você" da maravilhosa Jenny Han?

quinta-feira, 3 de março de 2016

SORTEIO: Três dias para sempre + resultado mês de Fevereiro


Olá, pessoal!

Vamos ao sorteio do mês? O livro é "Três dias para sempre", da autora Janda Montenegro. Para participar é só seguir as regras e o formulário abaixo:

RESENHA: Para Sir Phillip, Com Amor (Os Bridgertons #5)

Eloise Bridgerton é uma jovem simpática e extrovertida, cuja forma preferida de comunicação sempre foram as cartas, nas quais sua personalidade se torna ainda mais cativante. Quando uma prima distante morre, ela decide escrever para o viúvo e oferecer as condolências. 
Ao ser surpreendido por um gesto tão amável vindo de uma desconhecida, Sir Phillip resolve retribuir a atenção e responder. Assim, os dois começam uma instigante troca de correspondências. Ele logo descobre que Eloise, além de uma solteirona que nunca encontrou o par perfeito, é uma confidente de rara inteligência. E ela fica sabendo que Sir Phillip é um cavalheiro honrado que quer encontrar uma esposa para ajudá-lo na criação de seus dois filhos órfãos. 
Após alguns meses, uma das cartas traz uma proposta peculiar: o que Eloise acharia de passar uma temporada com Sir Phillip para os dois se conhecerem melhor e, caso se deem bem, pensarem em se casar? 
Ela aceita o convite, mas em pouco tempo eles se dão conta de que, ao vivo, não são bem como imaginaram. Ela é voluntariosa e não para de falar, e ele é temperamental e rude, com um comportamento bem diferente dos homens da alta sociedade londrina. Apesar disso, nos raros momentos em que Eloise fecha a boca, Phillip só pensa em beijá-la. E cada vez que ele sorri, o resto do mundo desaparece e ela só quer se jogar em seus braços. Agora os dois precisam descobrir se, mesmo com todas as suas imperfeições, foram feitos um para o outro.