terça-feira, 27 de novembro de 2012

#BlogueirosPE discutem: Estilhaça-me de Tahereh Mafi


Oi pessoal!

Esse é o primeiro vídeo de muitos que pretendemos fazer. Vamos fazer um breve resumo: O #blogueirosPE (grupo de blogueiros literários aqui de Recife) pretende iniciar uma série de bate-papos sobre livros, utilizando a ferramenta do Google+, o Hangout. E para essa primeira conversa escolhemos o livro "Estilhaça-me, da Tahereh Mafi". Como disse: esse é o primeiro, então por favor ignore as falhas etc. rsrs

Espero que goste e dê sua opinião. ;)


E aí, como ficou? Não pude participar deste porque estava doente, mas no próximo com certeza marcarei presença!

Ah, e se quiser adicionar o livro de Carissa na sua estante no Skoob... Andanças

Abraços!

terça-feira, 20 de novembro de 2012

RESENHA: Ladrão de Almas


 Fabiana Araújo 

 O doutor Luke Findley esperava ter mais um plantão calmo e tranquilo, com ocorrências típicas de cidade pequena e ou geradas pelo frio intenso da época. Porém, nada é típico em se tratando de Lanore Mcllvrae.  Lanore foi levada ao hospital por policiais locais, coberta de sangue e acusada de assassinato. Ela foi encontrada vagando na estrada, sem agasalho, e alega ter matado um homem a facadas e ter deixado o corpo na Floresta. Quando é entrevistada por Luke ela pede ajuda para fugir, diz que matou o ‘homem’ porque ele  pediu que tirasse sua vida. Teria aquela jovem problemas mentais? A ponto de acreditar que tirar uma vida seria um favor? Quem era o homem no necrotério? Qual a história de Lanore?
 Como se todas essas perguntas  já não deixassem o médico curioso o bastante, Luke ainda testemunha algo que desafia tudo o que aprendeu durante sua carreira: Lanore se corta com um bisturi e o ferimento se regenera instantes depois. Quem era aquela garota e como foi parar numa cidade pequena e isolada como St.Andrew? 


‘Ladrão de Almas’ já começou a me ganhar pela capa. Linda! (Sim, sou dessas que compra livro pela capa rsrs) Quando li a sinopse fiquei ainda mais interessada porque adoro um bom romance cheio de mistérios! Assim que recebi o livro já devorei numa sentada as primeiras 100 páginas. Alma Katsu sabe como entreter o leitor e instigá-lo a devorá-las. Alternando a narrativa entre passado e presente, a autora nos presenteia com estórias que se iniciam no início do século XIX, quando Lanore era uma adolescente.

Gostei muito da protagonista: Lanny é a típica adolescente apaixonada e confusa, que faria TUDO pelo amor de Jonathan, o garoto lindo, rico e sexy da cidade. (E o ‘mais galinha’ também). Ela tem um tipo de devoção meio anormal por ele. Embora a personagem pareça bobinha no início com o decorrer da narrativa ela vai se revelando e o leitor se vê num turbilhão de ‘COMO ASSIM?’, NÃO ACREDITO! e afins. rsrs

Com estórias envolvendo alquimia, magia, imortalidade e romance Alma Katsu conseguiu ganhar minha simpatia e já não vejo a hora de ler o segundo livro da trilogia. A obra só não ganhou a nota máxima (dei 4 estrelinhas) porque achei a parte de Adair um tanto chata e arrastada. Porém é  necessária para que a autora introduza melhor o leitor na historia.

Não recomendo o livro para menores pois há presença de cenas de sexo, violência, linguagem ‘forte’  e comportamento inadequado.


(...) Quase toda pessoa que conheceu Jonathan tentou possuí-lo. Esta era sua maldição, e a maldição de todos aqueles que o amaram. No entanto, era como estar apaixonado pelo Sol: brilhante e inebriante quando perto, mas impossível de mantê-lo só para si. De nada adiantava amá-lo e, do mesmo modo, de nada adiantava não amá-lo. pág.29



Sobre o livro:
Titulo: Ladrão de Almas
Autor: Alma Katsu
Editora: Novo Conceito
Páginas: 430

Trilogia 'The Taker'
1-The Taker (Ladrão de Almas no Brasil)
2- The Reckoning (ainda não publicado no Brasil)
3- The Descent (lançamento em 2013) 

Site oficial da autora: http://www.almakatsu.com/

Booktrailer:

domingo, 18 de novembro de 2012

LANÇAMENTO: Andanças


Olá leitores!

Carissa Vieira, do blog Arte Around the World e integrante do grupo #BlogueirosPE está lançando seu primeiro livro "Andanças" pela editora Multifoco, selo Desfecho Romances . Confiram abaixo a sinopse: 


Sinopse: 


Na Inglaterra do início do século XX, Charles, um jovem da alta sociedade londrina vê sua vida ser totalmente modificada ao ser atacado por uma vampira. A partir daí, além de ter que aprender a se adaptar ao seu novo destino e aos sofrimentos naturais da sua condição, ele vai perceber que nem tudo é o que parece, e vai ter que encontrar a resposta para a seguinte pergunta: Em quem eu posso confiar? 

Visitando alguns cenários da Europa e com alguns personagens intrigantes, como o Russo Mikhail e o sexy Lorenzo, a trama sempre nos faz retornar a mesma pergunta: Em quem confiar? Quem são os verdadeiros mocinhos e quem são os vilões? 

O lançamento será dia 24 de Novembro no Paço Alfândega, segundo piso, no bairro do Recife Antigo às 15h.

Estarei lá. E vocês?

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

RESENHA: Caminhos de Sangue (Dustlands: Livro 1)


Monique Melo

A família de Saba mora em Lagoa da Prata, um lugar isolado, onde o vizinho mais próximo fica a dois dias de caminhada. Ela acredita que seu pai lê as estrelas e sempre sabe o que vai acontecer. Enquanto suas previsões não se tornam verdade, Saba vive a sombra do seu irmão gêmeo, Lugh. Ela o ama e o admira mais do que qualquer pessoa, mas não consegue tratar sua irmã mais nova, Emmy, com o mesmo carinho. Certo dia quatro homens aparecem e levam seu irmão a força, além de matar o seu pai. Resta a Saba procurar o irmão e garantir a segurança da irmã, atitude que ela nunca se preocupou em ter. Em sua jornada repleta de perigos, ela vai encontrar aliados com suas próprias histórias de dor contra um inimigo poderoso.

 O livro é muito bom! Gosto de personagens que são fortes, tem objetivos e que crescem psicologicamente durante sua luta contra os obstáculos. Caminhos de sangue nos apresenta uma personagem assim. Saba tem tantas qualidades quantos defeitos e isso fica bastante claro nas suas atitudes, o que a tornou bastante verossímil. Os personagens secundários também são bem construídos e a relação de amizade com a protagonista bem trabalhada. Foi impossível não gostar do Jack, Lugh, Emmy e do corvo Nero.

A trama principal parece muito simples, mas com o passar das páginas, vai ficando mais complicado e as cenas mais bem elaboradas. Dá para entender logo que se trata de um livro introdutório, onde a verdadeira ameaça e objetivo serão revelados depois.

O único ponto que inicialmente considerei negativo foi a narrativa em primeira pessoa onde a autora fez questão de mostrar que a protagonista falava errado, não tinha instrução, como praticamente todos os personagens. Foi bem estranho encontrar “ino”, “estano”, “ficano” a cada linha lida. Mentalmente eu retificava cada palavra escrita de forma errada e isso, no inicio, prejudicou um pouco a leitura, embora a escrita da Moira Young seja ótima.

Uma distopia, sem muita descrição de como a nova sociedade funciona, mas com elementos de ação, romance, suspense e drama combinados de uma forma que o livro em nenhum momento se torna tedioso. A autora sabe finalizar o que se propõe para este primeiro volume, ao mesmo tempo em que nos deixa curiosos para saber o que vai acontecer. E lá vou eu esperar desesperadamente pelo próximo volume.


Sobre o livro:
Caminhos de Sangue
Série: Dustlands
Volume: 01
Autora: Moira Young
Ano: 2012
Editora: Intrínseca                    
Páginas: 352
Booktrailer: 

terça-feira, 6 de novembro de 2012

EVENTO: Nicholas Sparks Day



Mais uma vez os Blogueiros PE, em parceria com a Novo Conceito e a Tribo do Livro, irão realizar um evento em homenagem ao autor que arrebata o coração de muitas pessoas: Nicholas Sparks .

O evento será dia 10/11 e começará às 14h, na Saraiva do Shopping Center Recife, Pernambuco. Vários blogueiros ao redor do país estarão realizando o Nicholas Sparks Day e quem não for de Recife, pode conferir na página da Novo Conceito no Facebook, onde serão realizados os outros eventos.

Aguardamos a presença de vocês.

Abraços.

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

RESENHA: Cinquenta Tons de Cinza (Cinquenta Tons de Cinza #1)

Monique Melo

“Quando Anastasia Steele entrevista o jovem empresário Christian Grey, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir à beleza discreta, à timidez e ao espírito independente de Ana, Grey admite que também a deseja — mas em seus próprios termos.

Chocada e ao mesmo tempo seduzida pelas estranhas preferências de Grey, Ana hesita. Por trás da fachada de sucesso — os negócios multinacionais, a vasta fortuna, a amada família —, Grey é um homem atormentado por demônios do passado e consumido pela necessidade de controle. Quando eles embarcam num apaixonado e sensual caso de amor, Ana não só descobre mais sobre seus próprios desejos, como também sobre os segredos obscuros que Grey tenta manter escondidos...” Fonte: site Cinquenta Tons de Cinza.

O livro até que flui bem e a narrativa, embora não seja espetacular, é de fácil leitura, mas é impossível não se incomodar com a repetição de frases e com o vocabulário mais que limitado da Anastasia. A autora repete expressões e frases sem o menor pudor, o que dá a entender que não teve a mão de um bom editor para evitar certos exageros.

Incomodou-me demais a contradição nas atitudes dos personagens. Grey desde o começo diz conhecer só um tipo de relação sexual e gosta de ter controle sobre tudo, mas não mostra muita relutância em ceder ao jeito da Anastasia. Ela por sua vez, parece muito corajosa e segura para aceitar as preferências peculiares do Christian sendo uma virgem e sem conhecê-lo direito.  Isso não seria problema se os dois construíssem uma relação conforme se tornassem íntimos, mas não é o que acontece.

Tudo bem que desde o início eu sabia que era uma fanfiction de Crepúsculo. Em nenhum momento isso me atrapalhou, pois sou fã de fanfics e leio várias. Temos na Cassandra Clare um bom exemplo de escritora que começou nos sites destinados as criações dos fãs de diversas séries e que virou sucesso, mas ainda não entendo o porquê de tanta animação com a trilogia da E. L. James. Acho que qualquer romance de banca consegue trabalhar o enredo melhor do que a autora e constrói personagens que criam identificação com o leitor com maior eficácia.

O mais interessante do livro para mim foi a personalidade totalmente perturbada do Christian Grey. Pode-se adivinhar muita coisa sobre ele durante a leitura, mas ainda tem muitos detalhes sobre ele que não foram mencionados, os quais podem explicar suas atitudes. É a curiosidade sobre seu passado que está me motivando a ler o segundo livro da série.

Sobre o livro:
Cinquenta Tons de Cinza
Série: Cinquenta Tons de Cinza
Volume: 01
Autora: E. L. James
Editora: Intrínseca
Ano: 2012
Páginas: 455