quinta-feira, 17 de maio de 2018

RESENHA: Pule, Kim Joo So

O que você faria se precisasse escapar da sua própria vida? Um história inspirada em dramas coreanos
Marina vive em Curitiba, atormentada pelas agressões do ex-namorado. So vive em Seul, preso a uma culpa da qual não consegue se livrar. Em mundos tão distantes, mas carregando dores parecidas, a história dos dois vai se cruzar e fazer com que eles finalmente tomem o controle da própria vida, encontrando o ponto de virada que sempre buscaram. Pule, Kim Joo So é uma história ágil e original, que vai surpreender e divertir da primeira à última linha.

Sou fã demais de séries coreanas. Na verdade, só assisto séries asiáticas tem alguns anos (minha única exceção é Arquivo X), até faço lista das que mais gostei no Sopa Primordial, e quando um livro tem a premissa tão intimamente ligada a um assunto que gosto tanto, eu tinha que conferir. E o começo foi bem promissor.

sexta-feira, 11 de maio de 2018

RESENHA: A melhor coisa que nunca aconteceu na minha vida

Todo mundo faz planos para o futuro. Mas será que a vida sempre leva aos caminhos desejados?
Viajar pelo mundo, ter o emprego dos sonhos, um grande amor do passado. Cada um imagina que sua vida acontecerá de uma maneira diferente. Perto de completar trinta anos, Holly e Alex, que não se veem há onze anos, voltam a se encontrar por acaso.
Como o reencontro vai afetar a vida desses velhos amigos de infância?
Na adolescência a amizade escondia uma grande paixão não revelada. E que, mesmo com o passar dos anos, continuou na memória como lembrança ou arrependimento do que poderia ter sido. O que aconteceria se o destino reservasse a possibilidade de viver uma segunda chance, tanto na vida quanto no amor?
A melhor coisa que nunca aconteceu na minha vida tem esse gostinho de primeiro amor. Com um enredo leve, romântico e engraçado, este casal de protagonistas te conquistará logo nas primeiras páginas.

terça-feira, 1 de maio de 2018

SORTEIO: Ainda sou eu + resultado de Abril


Oi, pessoal!

O sorteio de Maio vai ser do livro "Ainda sou eu", continuação de "Como eu era antes de você" e "Depois de você", da Jojo Moyes. Para participar é só seguir as regras e o formulário abaixo:

RESENHA: O Conde de Monte Cristo

Traições, denúncias anônimas, tesouros fabulosos, envenenamentos, vinganças e muito suspense. A trama de O Conde de Monte Cristo traz uma emoção diferente a cada página e talvez isso explique porque a obra do escritor francês Alexandre Dumas se transformou em um clássico da literatura mundial, mexendo com a imaginação dos leitores há mais de 150 anos.
No romance, o marinheiro Edmond Dantés é preso injustamente, vítima de um complô. Anos depois, consegue escapar da prisão, enriquece e planeja uma vingança mirabolante. A galeria de personagens criada por Dumas faz um retrato fiel da França do século XIX, um mundo em transformação, em que passou a ser possível a mudança de posições sociais. As aventuras de Dantés ainda ganharam diversas versões cinematográficas que colaboraram para o sucesso da trama.

Nunca imaginei que ia gostar tanto da leitura! Quando foi escolhido para o clube do livro, só conseguia pensar que eram mais de 1600 páginas para ler e fiquei bem assustada. O que eu não sabia, e se tornaria minha maior surpresa, é que a escrita do Dumas envolve o leitor desde a primeira página.

sábado, 28 de abril de 2018

Lemos na Fábrica: Março 2018

Oi, pessoal! Como tinha comentado antes no "Lemos na Fábrica", estava me dedicando a um livro enorme e logo abaixo vocês verão qual é. Ando atrasada nas minhas metas para livros e para mangás, mas fiz algumas leituras bem legais.


"O Conde de Monte Cristo", Alexandre Dumas: Acompanhar a desgraça e vingança de Edmond Dantès foi uma viagem encantadora, não pelos acontecimentos tristes, mas pela escrita do Dumas. São mais de 1600 páginas de emoção e me cansei em nenhum momento. Espero conseguir organizar minhas ideias e fazer resenha.

segunda-feira, 23 de abril de 2018

RESENHA: Se nada der certo até os 30, você se casa comigo?

Era para ser só uma promessa de dedinho... Linden McGregor é alto, robusto e incrivelmente bonito, um piloto de helicóptero com sotaque escocês e charme de sobra. Stephanie Robson é bonita, engraçada e uma mulher de negócios ambiciosa – e irresistível. Os dois são melhores amigos desde sempre, mas alguns relacionamentos não podem ser classificados ou domados depois que surge a primeira faísca de desejo. Aos seus vinte e poucos anos, cansados do drama de suas tentativas amorosas, Steph e Linden resolvem fazer um pacto, uma promessa de dedinho: se casariam um com o outro se nenhum dos dois estivesse em um relacionamento sério quando chegassem aos 30. Naquele momento, entre uma cerveja e outra, essa ideia lhes pareceu um jogo divertido, no entanto, com os anos se passando e amantes indo e vindo de suas vidas, o pacto começa a lhes cobrar uma resposta. Sexo será inevitável. A amizade será testada. Seus corações estão preparados? O pacto está prestes a mudar tudo!

domingo, 15 de abril de 2018

RESENHA: Sete minutos depois da meia-noite

Conor é um garoto de 13 anos e está com muitos problemas na vida. 
A mãe dele está muito doente, passando por tratamentos rigorosos. Os colegas da escola agem como se ele fosse invisível, exceto por Harry e seus amigos que o provocam diariamente. A avó de Conor, que não é como as outras avós, está chegando para uma longa estadia. E, além do pesadelo terrível que o faz acordar em desespero todas as noites, às 00h07 ele recebe a visita de um monstro que conta histórias sem sentido. 
O monstro vive na Terra há muito tempo, é grandioso e selvagem, mas Conor não teme a aparência dele. Na verdade, ele teme o que o monstro quer, uma coisa muito frágil e perigosa. O monstro quer a verdade. 
Baseado na ideia de Siobhan Dowd, Sete minutos depois da meia-noite é um livro em que fantasia e realidade se misturam. Ele nos fala dos sentimentos de perda, medo e solidão e também da coragem e da compaixão necessárias para ultrapassá-los.

segunda-feira, 9 de abril de 2018

RESENHA: Ainda sou eu (Como eu era antes de você - Livro 03)

Sequência dos romances Como Eu Era Antes de Você e Depois de Você, que arrebataram o coração de milhares de fãs, Ainda Sou Eu conta, pela perspectiva delicada e bem-humorada de Lou Clark, uma história comovente sobre escolhas, lealdade e esperança.
Lou Clark chega em Nova York pronta para recomeçar a vida, confiante de que pode abraçar novas aventuras e manter seu relacionamento a distância. Ela é jogada no mundo dos super-ricos Gopnik - Leonard e a esposa bem mais nova, e um sem-fim de empregados e puxa-sacos. Lou está determinada a extrair o máximo dessa experiência, por isso se lança no trabalho e, antes que perceba, está inserida na alta sociedade nova-iorquina, onde conhece Joshua Ryan, um homem que traz consigo um sopro do passado de Lou.
Enquanto tenta manter os dois lados de seu mundo unidos, ela tem que guardar segredos que não são seus e que podem mudar totalmente sua vida. E, quando a situação atinge um ponto crítico, ela precisa se perguntar: Quem é Louisa Clark? E como é possível reconciliar um coração dividido?

segunda-feira, 2 de abril de 2018

SORTEIO: Com amor, Simon + resultado Março


Olá, pessoal!

O sorteio desse mês será o livro "Com amor, Simon" da Becky Albertalli. Trata-se da versão com capa do filme para o livro "Simon vs a agenda homo sapiens" (Vocês já assistiram o filme? Eu gostei muito!). Para participar é só seguir as regras e o formulário abaixo:

domingo, 1 de abril de 2018

FILME: Com amor, Simon


Aos 16 anos, Simon Spier (Nick Robinson) não é abertamente gay, preferindo guardar seu drama para o musical da escola. Um dia, um dos seus emails acaba caindo em mãos erradas, colocando em risco o seu segredo. Simon começa a ser chantageado. Ele deve ajudar o `palhaço´ da classe a sair com a garota de quem gosta ou terá sua homossexualidade exposta junto com o nome do garoto com quem estava conversando.