sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Gincana #BlogueirosPE: Prova 6 - Quiz


Olá, pessoal.

Hoje chegamos à sexta e última prova da Gincana #BlogueirosPE: o quiz. Desta vez vocês terão que responder as dez perguntas abaixo. Prova dada, não é? ^^

Bom, vamos ao desafio:

01 – Quais são as duas cidades fora do Brasil em que a Fani, da série Fazendo Meu Filme, já morou?

02 – Maasi, do livro Agnus Dei – A Idade do sangue, é um ser sobrenatural de que tipo?

03 – Em Cidade dos Ossos os Caçadores das Sombras lutam contra o vilão Valentim. Qual o grau de parentesco que este alega possuir com Jace?

04 – Qual é o nome do livro onde um dos personagens têm uma tatuagem de pássaro no peito?

05 - Um suspense policial, no qual um serial killer amputa cinco braços esquerdos de meninas com uma idade média entre nove e treze anos. Qual o nome do livro?

06 - Qual o parentesco entre Mia e Zack, do livro O caminho para casa?

07 – Nome da série em que o primeiro livro se passa em um labirinto onde criaturas estranhas habitam.

08 - Qual o anão que ajuda o príncipe Axel a voltar à sua terra natal após a viagem para salvar seu irmão, na série Dragões de Éter?

09 – Como é o nome da cidade organizada pelas crianças sobreviventes no livro Os Únicos?

10 - No livro P.S. Eu te amo, na lista feita por Gerry para que Holly seguisse quando ele já não estivesse mais com ela, qual era a primeira coisa que ele indicou que ela comprasse?



Para participar é só seguir as regras gerais e as descritas abaixo:

• Inserir no formulário a reposta. Lembrem-se de colocar a resposta na ordem;

• Serão 10 respostas. Cada resposta certa valerá 20 pontos;

• Os cinco participantes que terminarem a prova de forma correta ganharão 20 pontos extras;

a Rafflecopter giveaway

• Você ainda pode ganhar pontos extras comentando nas postagens e colocando o link do seu comentário no formulário (link);

• E ainda seguindo o twitter do #BlogueirosPE e dos blogs participantes, bem como suas fanpages:

a Rafflecopter giveaway

Qualquer dúvida, deixar um comentário que responderemos o mais rápido possível. E fiquem ligados no twitter e na fanpage do #BlogueirosPE, quem sabe não rolam dicas?

A gincana termina dia 23 de Dezembro. Quem ainda não participou, ainda tem alguns dias para aproveitar!

Boa sorte!

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

RESENHA: A culpa é das estrelas


Monique Melo

Em A Culpa é das Estrelas, Hazel é uma paciente terminal de 16 anos que tem câncer desde os 13. Ainda que, por um milagre da medicina, seu tumor tenha encolhido bastante — o que lhe dá a promessa de viver mais alguns anos —, o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico. Mas em todo bom enredo há uma reviravolta, e a de Hazel se chama Augustus Waters, um garoto bonito que certo dia aparece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Juntos, os dois vão preencher o pequeno infinito das páginas em branco de suas vidas. – Fonte: Skoob

Chorei muito. Isso resume muita coisa. Falando sério, eu adorei o livro. Achei a forma de expor a realidade dos personagens principais muito boa. É natural que se descreva e se tenha um determinado comportamento quando se tem uma doença que atinge tanto sua rotina, mas Hazel e Augustus encaram sua triste realidade de uma forma tão mais simples e direta que, de início, pode até chocar um pouco, mas se torna tão convidativa que achei difícil largar o livro.

Hazel é responsável pela narrativa e vemos tudo a partir do ponto de vista dela. Interessante como ela consegue pensar antes nos pais do que nela mesma, a maior parte do tempo. Os pais dela me encantaram e achei o máximo a relação deles com a Hazel. Isaac é outro personagem que só acrescenta ao enredo. Adorava cada cena dele, mas tenho que destacar Augustus Waters.

Desde o momento que Gus apareceu, me conquistou. Sorri, sofri e chorei (muito) sempre que ele e Hazel interagiam. Eles passam por tantas coisas e se mantém fortes o quanto podem, mas como todo ser humano, tem seus momentos pessimistas e sucumbem ao medo. Suas qualidades e fraquezas tornam tudo muito verossímil e o autor tem o cuidado de construir muito bem seus personagens para que passe essa semelhança com a realidade.

Achei o livro de uma sensibilidade enorme. Uma forma bem diferente de tratar de um tema tão triste, mas acima de tudo, um livro que mostra que há várias maneiras de encarar um problema, de dar valor ao que realmente importa e de aproveitar a vida.

Sobre o livro:
A culpa é das estrelas
Autor: John Green
Ano: 2012
Editora: Intrínseca
Páginas: 283

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Gincana #BlogueirosPE: Prova 5 - Quem eu sou?


Olá pessoal! Hoje teremos a penúltima prova da Gincana #BlogueirosPE. E esta prova está bem tranquila. Afinal, são os personagens que dão vida à história e nesta desta vez, temos que descobrir quem são eles.

Personagem 01:

- Os mortos respondem ao seu chamado
- É órfão de mãe
- Sua primeira aparição é no terceiro livro da série

Personagem 02:

- Vai para a guerra
- Tem uma relação difícil com o pai
- Escreve e recebe cartas de uma pessoa especial

Personagem 03:

- Brasileiro que mora em Londres
- Torna-se ator
- É apaixonado pela personagem principal

Personagem 04:

- Tem um irmão mais novo
- É imune a uma ameaça letal
- Conhece a protagonista desde os tempos da escola

Personagem 05:

- É a narradora da história
- No cinema foi interpretada por Julianna Margulies
- Tem um relacionamento complicado com o irmão

Personagem 06:

- Usa doces para atrair duas vítimas
- Responsável por cometer regicídio
- É convocada por um pirata para realizar um rito de magia negra.

Personagem 07:

- No cinema foi interpretado por Antonio Banderas
- Dirigiu um teatro
- É um vampiro.

Personagem 08:

- É o presidente das galáxias
- Egocêntrico
- Tem duas cabeças

Personagem 09:

- Ele se entregou à bebida para se esquecer do sofrimento.
- Dorme com uma faca
- O personagem tem papel de mentor no decorrer da história

Personagem 10:
- Policial
- Vive em Montecarlo
- Teve uma tragédia na vida



Para participar é só seguir as regras gerais e as descritas abaixo:

• Inserir no formulário o nome do personagem ao qual as dicas pertencem. Lembrem-se de colocar a resposta na ordem;

• Serão 10 personagens. Cada resposta certa valerá 20 pontos;

• Os cinco participantes que terminarem a prova de de forma correta ganharão 20 pontos extras;

a Rafflecopter giveaway


• Você ainda pode ganhar pontos extras comentando nas postagens e colocando o link do seu comentário no formulário (link);

• E ainda seguindo o twitter do #BlogueirosPE e dos blogs participantes, bem como suas fanpages:

a Rafflecopter giveaway


Qualquer dúvida, deixar um comentário que responderemos o mais rápido possível. E fiquem ligados no twitter e na fanpage do #BlogueirosPE, quem sabe não rolam dicas?

Para quem ainda não começou a fazer as provas da gincana, corre que ainda dá tempo!


segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

#BlogueirosPE Discute: Parcerias



Oi pessoal!

Gente, ontem o #BlogueirosPE realizou mais um de seus hangouts, mas dessa vez contamos com uma participação ilustre: o autor Roque Neto. Ele, que já tem algumas obras publicadas, conversa conosco sobre "parcerias" e ainda fala de seu novo livro, Famílias. Um bate-papo muito legal e, como de costume, divertido!

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Gincana #BlogueirosPE: Prova 4 - Quotes


Entre os devaneios de um livro e outro, nos deliciando com cada palavra, num mix de prazer e emoção, nós pensamos: tenho que marcar esta parte! Seja com marcador de texto ou com as queridinhas de muitos leitores - as flags! Como nossa loucura por quotes é quase universal, queremos fazer desta prova da Gincana #BlogueirosPE, prazeroso e divertido ao mesmo tempo, então escolhemos vários quotes de livros que lemos ao longo desses anos. E para dar uma colher de chá, todos os quotes desta prova são de livros que resenhamos nos blogs participantes, e as questões são de múltipla escolha.

01. “Ele pertencia a ela, e na maior parte do tempo ele detestava sua condição de escravo. No entanto em alguns momentos, momentos como esse, ele sentia que não era assim tão ruim. Ela era uma boa pessoa. Mesmo que as vezes fosse horrível, ela era boa. Não merecia metade do estresse ao qual tinha sido submetida.”

- Floresta de mãos e dentes
- Um Homem de Sorte
- Agnus Dei

02. “Mas a pergunta pesava sobre mim: Sou um condenado? Neste caso, por que sinto tanta pena dela, de seu rosto desolado?”

- Crepúsculo
- Beijada por um anjo 1
- Entrevista com Vampiro

03. “Quando sumiram na escuridão, senti um estranho arrepio e um sentimento de solidão apoderou-se de mim; porém uma capa foi atirada sobre meus ombros, um cobertor sobre meus joelhos...”.

- Drácula
- Desastre
- Sereia

04. "A ignorância é a coisa mais confortável que eu conheço, depois do sofá da minha casa."

- As vantagens de ser invisível
- Branca como o leite, vermelha como o sangue
- Como se livrar de um vampiro apaixonado

05. “Aquilo que foi belo se torna frágil para nós em retrospectiva, por esconder verdades sombrias? Por que a lembrança de anos felizes de casamento se estraga quando se revela que o outro tinha um amante durante todos aqueles anos? Será porque não se pode ser feliz em tal situação? Mas a pessoa era feliz! Às vezes a lembrança não é fiel a realidade quando o fim foi doloroso. Será porque a felicidade só vale quando permanece para sempre?”

- O milagre
- Miss Brontë
- O leitor

06. “Você é linda, sua velha rabugenta, e se eu pudesse te dar um presente para o resto da sua vida seria este: Confiança. Seria o presente da confiança. Ou isso ou uma vela perfumada.”

- Wake
- Um dia
- O Casamento

07. “Percebi que posso mudar para onde for, exterior ou interior, mas difícil mesmo é mudar o coração.”

- Onze
- Estilhaça-me
- Apaixonada por palavras

08. “Você não acorda com uma sensação estranha no estômago. Não vê sombras que não existem. Não se lembra de dizer a seus pais que os ama ou [...] nem mesmo se despede deles.”

- Fallen
- Correr ou Morrer - Maze Runner 1
- Antes que eu vá

09. “- Perto dos pais, todo mundo é criança. A menos que eles estejam agindo como criança. Então, você não tem a mínima chance, você entende o que estou dizendo?

- A caminho do verão
- A jornada
- A Fera

10. “Ódio não é o mais perigoso, dissera ele. É a indiferença.”

- Noites de Tormenta
- Delírio
- Exodus

Para participar é só seguir as regras gerais e as descritas abaixo:

• Inserir no formulário o nome do livro ao qual a frase pertence. Lembrem-se de colocar a resposta na ordem;

• Serão 10 quotes. Cada reposta certa valerá 20 pontos;

• Os cinco participantes que enviarem primeiro e de forma correta as repostas dos 10 quotes, ganharão 20 pontos extras;

a Rafflecopter giveaway


• Você ainda pode ganhar pontos extras comentando nas postagens e colocando o link do seu comentário no formulário (link);

• E ainda seguindo o twitter do #BlogueirosPE e dos blogs participantes, bem como suas fanpages:

a Rafflecopter giveaway

Qualquer dúvida, deixar um comentário que responderemos o mais rápido possível.

Divirtam-se!

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

RESENHA: O Clã dos Magos

Fabiana Araújo

"O tio de Sonea lhe contara muitas vezes essa história. Trinta anos antes, depois dos membros influentes das Casas se terem queixado de que as ruas não eram seguras, o Rei ordenara à Guarda expulsar da cidade todos os mendigos, vagabundos sem-teto e criminosos suspeitos. Enraivecidos, os mais fortes reuniram-se e, com armas fornecidas pelos  bandidos e ladrões mais abastados, reagiram em luta armada. Enfrentando batalhas de ruas e montins, o Rei pediu o auxilio do Clã dos Magos.
Os rebeldes não tinham arma contra a magia. Foram capturados ou despejados em favelas. O Rei ficou tão satisfeito com as festividades de celebração organizada pelas Casas que declarou que a cidade seria purificada dos vagabundos todos os invernos."

Sonea e seus tios viviam em uma hospedaria no Quarteirão Norte. Ganhavam seu sustento consertando roupas e sapatos. Porém o Rei expulsou todas as pessoas que viviam lá essa manhã  e agora eles tem de encontrar um outro lugar para ficar. Enquanto buscava uma nova moradia Sonea ouve os guardas tramando uma emboscada contra os rebeldes e tenta avisar seus antigos amigos de vadiagem.
 Durante a Purificação Sonea, munida de ódio pelos magos ajudarem o Rei nessa empreitada, resolve se juntar aos rebeldes e atira uma pedra no escudo mágico de proteção. Ela deseja com toda a sua força que a pedra os atinja, mesmo sabendo que isso é em vão sendo o escudo tão poderoso. No entanto, para horror de Sonea e dos Magos o que ela mais desejava naquele momento se transforma em realidade. Por um motivo desconhecido a pedra atravessa o escudo e atinge a cabeça de um dos membros do Clã. Para choque de todos seu desejo foi atendido e isso muda toda a história.

Esse é meu primeiro contato com a escrita da autora e fiquei bem impressionada. Canavan tem uma narrativa leve, fluida e bem estimulante. Adoro livros de magia, que envolvem o sobrenatural. E o fato de Sonea não ter consciência do que é no inicio do trilogia me lembrou muito Harry Potter no primeiro livro da série. Ele tbem não tinha ciência de sua natureza. Agora imagina o que se passa na cabeça da protagonista quando descobre que na verdade ela é uma das pessoas que mais odeia? (E não, isso não é um spoiler ok? Essa informação esta bem no inicio do livro).  E ela ainda acredita que os magos a estão caçando para matá-la. Os magos entretando juram querer apenas ajudá-la pois sem controle ela pode morrer. 

Em meio a todos esses acontecimentos Sonea vai contar com a ajuda dos ladrões e de seu antigo amigo Cery para escondê-la e lhe dar proteção. Cery é um dos personagens mais interessantes da trama, ele daria a vida por ela e se compromete ao extremo na tarefa de mantê-la viva. (Suspirava horrores por ele ai ai rsrs) 

O livro fica ainda mais viciante na ‘Parte 2’ quando o Mago Negro ganha mais espaço na narrativa. Muiiiiiiiiiiito misterioso e sombrio. O único ponto negativo da obra na minha opinião são os nomes dos personagens que a princípio são bem confusos pois são bem atípicos e parecidos. Tipo Rothen e Lorlen, Mago e Administrador respectivamente. 

'O Clã dos Magos' é uma ótima dica para quem adora magia, mistérios e um romancezinho :)
 Não vejo a hora de ler ‘A aprendiz’, segundo livro da Trilogia! Recomendo (4 estrelinhas) 


 Trilogia do Mago Negro:
1-O Clã dos Magos 
2- A aprendiz
3-O lord Supremo

Sobre o livro:
Titulo: O Clã dos Magos
Autor: Trudi Canavan
Editora: Novo Conceito
Páginas: 446

Booktrailer:

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Gincana #BlogueirosPE: Prova 3 – Caça-Palavras


Oi pessoal!

Hoje temos mais uma prova da Gincana #BlogueirosPE: o caça-palavras. A primeira dica para a resolução deste prova é que todos os 20 títulos são de livros adaptados para o cinema. As respostas podem ser encontradas em qualquer sentido e a pontuação será da seguinte forma:

- 05 pontos para cada título encontrado;
- 20 pontos extras para quem enviar o caça-palavras completo;
- 10 pontos extras para as cinco primeiras pessoas cumprirem a tarefa corretamente.

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

PROMOÇÃO: Reveillon Literário


Final de ano é época de festa, então nada melhor que trazer uma promoção para vocês. Então os blogs Arte Around the World, A Fábrica Diversão e Arte, Meine Liege, Na Cabeceira da Cama e Palavras Prolíferas se uniram para presentear os leitores na última promoção do ano.

Os livros sorteados serão:

- Alguém para amar – Judith Mcnaught
- Bem mais perto – Susane Colasanti
- Cordeluna – Élia Barceló
- Despertar – Amanda Hocking
- Mal intencionados – Geyme Lechner

Para participar é só seguir as regras abaixo:

- Residir ou ter endereço de entrega no Brasil.
- Seguir os passos de preenchimento do rafflecopter.

a Rafflecopter giveaway



A promoção começa hoje e termina dia 31/12.

Boa sorte e boas festas!

Beijos!

domingo, 9 de dezembro de 2012

RESENHA: Prova de Fogo (Maze Runner #2)

Monique Melo

O Labirinto foi só o começo... o pior está por vir. Depois de superarem os perigos mortais do Labirinto, Thomas e seus amigos acreditam que estão a salvo em uma nova realidade. Mas a aparente tranquilidade é interrompida quando são acordados no meio da noite por gritos lancinantes de criaturas disformes – os Cranks – que ameaçam devorá-los vivos. Atordoados, os Clareanos descobrem que a salvação aparente na verdade pode ser outra armadilha, ainda pior que a Clareira e o Labirinto. E que as coisas não são o que aparentam. Para sobreviver nesse mundo hostil, eles terão de fazer uma travessia repleta de provas cruéis em um meio ambiente devastado, sem água, comida ou abrigo. Calor causticante durante o dia, rajadas de vento gélido à noite, desolação e um ar irrespirável – no Deserto do novo mundo até mesmo a chuva é a promessa de uma morte agonizante. Eles, porém, não estão sozinhos – cada passo é espreitado por criaturas famintas e violentas, que atacam sem avisar. Manipulação, mentiras e traições cercam o caminho dos Clareanos, mas para Thomas a pior prova será ter de escolher em quem acreditar.

Se eu já estava agoniada com os mistérios da série no primeiro livro, Correr ou Morrer, imagina agora? Já no primeiro capítulo a ação está presente. Thomas e os clareanos sobreviventes não conseguem passar muito tempo seguros e outra aventura perigosa está por vir. E ainda mais instigante, devo acrescentar.

James Dashner desenvolve uma trama com grandes reviravoltas. A maior sacada do autor foi inserir personagens que obrigam Thomas a ser mais cauteloso do que já era e suas dúvidas, questionamentos e a insistente desconfiança que ele sente são motes deste livro.

Muitas cenas me fizeram ficar arrepiada, tamanha a engenhosidade (e em determinados momentos, crueldade) das armadilhas criadas pelo C.R.U.E.L. A todo o momento achava que estava entendendo o objetivo do tortuoso e doloroso caminho o qual os clareanos precisavam seguir, mas logo em seguida, algo acontecia e eu voltava a estaca zero.

O autor deixou a narrativa mais acelerada, o que resultou em um livro de rápida leitura, daqueles que nos deixam sem fôlego quando terminamos. Falando em terminar, o final tem uma cena muito tensa e me deixou bem ansiosa pelo terceiro livro, A cura Mortal, que, para minha sorte, já foi lançado no Brasil.

Sobre o livro:
Prova de Fogo
Série: Maze Runner
Autor: James Dashner
Ano: 2011
Editora: V & R
Páginas: 400

sábado, 8 de dezembro de 2012

#BlogueirosPE discute: Modinhas Literárias



Oi gente!

Quinta feira, dia 06 de Dezembro, o #BogueirosPE realizou mais um hangout. O tema desse segundo bate-papo foi “Modinhas Literárias” e contou com a participação de: Breno Rodrigues (Livretando), Carissa Vieira (Arte Around the World), Dany (Palavras Prolíferas), Marcos Tavares (Capa e Título), Monique Melo (A Fábrica Diversão e Arte) e Thyeri Bione (Restaurante da Mente).

O vídeo ficou longo porque, além de muitos participantes, ainda contamos com a colaboração dos leitores dos blogs que integram o grupo, o que foi bastante gratificante! Confiram:



Logo faremos outros, então fiquem ligados no twitter do @blogueirosPE e no da @afabrica_da e participem da próxima gravação.

Abraços.

Monique Melo

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Gincana #BlogueirosPE: Prova 2 - Que capa é essa?


Oi pessoal!

Preparados para a segunda prova da Gincana #BlogueirosPE? É o seguinte: a imagem abaixo contém partes de vinte capas de livros e o participante tem que descobrir a qual livro elas pertencem.



Para participar é só seguir as regras gerais e as descritas abaixo:

• As capas estão numeradas. Assim que o participante souber a qual livro a capa pertence, deve escrever o título no espaço que corresponde ao número da capa no formulário abaixo.

• Serão vinte capas. Cada resposta correta vale 20 pontos. Se acertar as vinte capas, ganhará mais 40 pontos.

• Os cinco participantes que enviarem primeiro, ganharão 20 pontos extras.

a Rafflecopter giveaway


• Você ainda pode ganhar pontos extras comentando nas postagens e colocando o link do seu comentário no formulário (link).

• E ainda seguindo o twitter do #BlogueirosPE e dos blogs participantes, bem como curtindo suas fanpages:

a Rafflecopter giveaway


A primeira prova pode ser encontrada aqui. Qualquer dúvida, deixar um comentário que responderemos o mais rápido possível.

Mãos à obra!

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Gincana #BlogueirosPE: Prova 1 - Quebra-Cabeça


Oi, gente!

Hoje começa a primeira das seis provas da Gincana #BlogueirosPE: o quebra-cabeça. Serão duas imagens que pertencem a séries televisivas baseadas em livros:

>> Quebra-cabeça 01: Link


>> Quebra-cabeça 02: Link


Para participar é só seguir as regras gerais e as descritas abaixo:

• Hospedar solução do quebra-cabeças em algum site de imagens. Por exemplo: twitpic, instagram, facebook, etc, desde que possamos acessar e verificar a imagem;

• Enviar link das imagens pelo formulário abaixo:


a Rafflecopter giveaway



• Serão dois quebra cabeças. Cada um, se enviado corretamente, valerá 50 pontos.

• Os cinco participantes que enviarem primeiro ganharão 20 pontos extras.

• Você ainda pode ganhar pontos extras comentando nas postagens e colocando o link do seu comentário no formulário (link);

• E ainda seguindo o twitter dos #BlogueirosPE e dos blogs participantes, bem como suas fanpages:


a Rafflecopter giveaway



Qualquer dúvida, deixar um comentário que responderemos o mais rápido possível.

Ao trabalho!

domingo, 2 de dezembro de 2012

RESENHA: Branca como o leite, vermelha como o sangue


Monique Melo

“Leo é um garoto de dezesseis anos como tantos: adora o papo com os amigos, o futebol, as corridas de motoneta, e vive em perfeita simbiose com seu iPod. As horas passadas na escola são uma tortura, e os professores, “uma espécie protegida que você espera ver definitivamente extinta”. Apesar de toda a rebeldia, ele tem um sonho que se chama Beatriz. E, quando descobre que ela está terrivelmente doente, Leo deverá escavar profundamente dentro de si, sangrar e renascer para a vida adulta que o espera.”

Esse livro tem um enredo lindo. Muito poético e com analogias a cor que me encantaram, a narrativa do autor me prendeu de uma forma que foi bem difícil parar de ler. Sua escrita fluida e contemporânea instiga a leitura e vicia o leitor.

O Leo é um adolescente cheio de problemas e comportamento típicos da sua idade, mas ele tem uma forma diferente de pensar sobre eles. Sua relação com o melhor amigo (Nico), com sua confidente (Silvia) e seu amor (Beatriz) é trabalhada com características próprias e mostra a importância de cada um na vida do Leo. Seus professores também são dignos de destaque, principalmente no que se refere ao Sonhador, sempre com suas aulas que fazem pensar e agir de forma diferente. Um professor que todo mundo gostaria de ter. O pai do Leo também foi outro personagem a somar boas conversas em sua caminhada.

O amadurecimento do Leo frente aos acontecimentos e principalmente quando tem que enfrentar uma perda, é muito bem desenvolvido. Percebe-se claramente o que vai modificando em suas atitudes conforme ele vai buscando seus sonhos, sem deixar que sua personalidade autêntica seja alterada.

As referências são ótimas! Muito engraçado ler o Leo chamando o professor de religião de Gandalf (O senhor dos anéis) e citando Harry Potter, Dante... Como ele também é muito ligado em música cita bastante os artistas italianos e o autor usa algumas letras para destacar ainda mais determinados momentos.

O ruim do livro é que acaba muito rápido. Quando você percebe, já está se despedindo de uma história linda sobre a adolescência, a intensidade do primeiro amor e primeiras dores. Sobre os objetivos ainda não definidos. Sobre os sonhos que ainda não temos. Um livro para fazer pensar. Um livro para tingir de cores fortes o silêncio branco. Recomendo.

Sobre o livro:
Branca como o leite, vermelha como o sangue
Autora: Alessandro D'Avenia
Ano: 2011
Editora: Bertrand Brasil           
Páginas: 368

sábado, 1 de dezembro de 2012

Gincana #BlogueirosPE

Oi pessoal!


Dezembro chegou e é época de festa, por conta disso nós pensamos em fazer algo diferente dos sorteios que realizamos até o momento, então apresentamos a vocês a primeira gincana do #BlogueirosPE, que começa hoje e vai até o dia 23 de Dezembro. As novas provas da gincana serão postadas sempre nas terças e sextas feiras. No total serão seis provas, e os três que acumularem mais pontos serão premiados. O primeiro lugar poderá escolher sete livros da lista abaixo; o segundo, cinco livros e o terceiro ficará com os três restantes.


LIVROS

A arte da invisibilidade, de Allan Pitz
A batalha do apocalipse, de Eduardo Sporh
A escolha, de Nicholas Sparks
Além do deserto, de Érica Bombardi
Andanças, de Carissa Vieira
A vez da minha vida, de Cecelia Ahern
Estou com sorte, de Douglas Edwards
Ladrão de almas, de Alma Katsu
O caminho para casa, de Kristin Hannah
O começo do adeus, de Anne Tyler
Prova de fogo (Maze Runner #2), de James Dashner
Romeu Imortal, de Stacey Jay
Starters, de Lissa Price
Tudo o que ela sempre quis, de Barbara Freethy

BLOGS ORGANIZADORES

A Fábrica Diversão e Arte
Arte Around the World
Catavento de Ideias
Garotas e Livros
Livretando
Palavras Prolíferas
Restaurante da Mente

REGRAS GERAIS

• O participante deverá, obrigatoriamente, curtir a fanpage do #BlogueirosPE no facebook;

• O endereço para entrega do prêmio deverá ser em território brasileiro;

• A gincana encerrará no dia 23 de Dezembro e o resultado será divulgado em um prazo máximo de 20 dias. Esse período é necessário para apuração dos pontos de cada um dos participantes;

• O participante terá até dois dias (48hs) para responder nosso email com o seu endereço;

• Os blogs organizadores terão o prazo de até 30 dias para enviar os prêmios;

• À equipe organizadora fica reservado o direito de modificar/alterar/acrescentar toda e qualquer regra, sem aviso prévio;

• À equipe organizadora fica reservado o direito de desclassificar qualquer participante que descumprir alguma das regras;

GANHANDO PONTOS EXTRAS

Além das provas que postaremos nas terças e sextas, existem outras formas de ganhar pontuação extra:

1. A primeira é tuitando, no máximo uma vez por dia, a frase: “Estou participando da Gincana do @BlogueirosPE e concorrendo a diversos livros! Participe também! #GincanaBlogueirosPE” e colocando o link do tweet no nosso formulário, o que valerá 10 pontos.

2. A segunda é comentando em qualquer postagem dos blogs participantes. Comentários pertinentes, com conteúdo relacionado a postagem. Não serão válidos comentários como: “ótima resenha”, “vou ler”, “gostei” e outras opiniões do gênero. Só será aceito um comentário por post. A cada comentário feito, o participante deverá colocar o link do comentário no formulário (link).

3. A terceira é através de uma prova onde o participante irá reproduzir em fotografia alguma cena/situação encontrada em alguma obra literária de sua escolha e hospedar em algum site (Instagram, Twitpic, ifrog etc). Serão selecionadas as melhores fotografias e postadas na página do #BlogueirosPE, no facebook. A imagem que receber mais opções “curtir” será a vencedora. A foto pode ser enviada até o dia 15 de Dezembro e a pontuação extra para o vencedor dessa tarefa é de 50 pontos.

4. Por último, daremos pontos extras para quem seguir o @blogueirospe no twitter, seguir os blogs participantes no Twitter e curtir a fanpage destes no Facebook. Cada ação valerá 10 pontos.

a Rafflecopter giveaway


Em caso de dúvidas, postar comentário.

Esperamos que se divirtam! Boa sorte!

terça-feira, 27 de novembro de 2012

#BlogueirosPE discutem: Estilhaça-me de Tahereh Mafi


Oi pessoal!

Esse é o primeiro vídeo de muitos que pretendemos fazer. Vamos fazer um breve resumo: O #blogueirosPE (grupo de blogueiros literários aqui de Recife) pretende iniciar uma série de bate-papos sobre livros, utilizando a ferramenta do Google+, o Hangout. E para essa primeira conversa escolhemos o livro "Estilhaça-me, da Tahereh Mafi". Como disse: esse é o primeiro, então por favor ignore as falhas etc. rsrs

Espero que goste e dê sua opinião. ;)


E aí, como ficou? Não pude participar deste porque estava doente, mas no próximo com certeza marcarei presença!

Ah, e se quiser adicionar o livro de Carissa na sua estante no Skoob... Andanças

Abraços!

terça-feira, 20 de novembro de 2012

RESENHA: Ladrão de Almas


 Fabiana Araújo 

 O doutor Luke Findley esperava ter mais um plantão calmo e tranquilo, com ocorrências típicas de cidade pequena e ou geradas pelo frio intenso da época. Porém, nada é típico em se tratando de Lanore Mcllvrae.  Lanore foi levada ao hospital por policiais locais, coberta de sangue e acusada de assassinato. Ela foi encontrada vagando na estrada, sem agasalho, e alega ter matado um homem a facadas e ter deixado o corpo na Floresta. Quando é entrevistada por Luke ela pede ajuda para fugir, diz que matou o ‘homem’ porque ele  pediu que tirasse sua vida. Teria aquela jovem problemas mentais? A ponto de acreditar que tirar uma vida seria um favor? Quem era o homem no necrotério? Qual a história de Lanore?
 Como se todas essas perguntas  já não deixassem o médico curioso o bastante, Luke ainda testemunha algo que desafia tudo o que aprendeu durante sua carreira: Lanore se corta com um bisturi e o ferimento se regenera instantes depois. Quem era aquela garota e como foi parar numa cidade pequena e isolada como St.Andrew? 


‘Ladrão de Almas’ já começou a me ganhar pela capa. Linda! (Sim, sou dessas que compra livro pela capa rsrs) Quando li a sinopse fiquei ainda mais interessada porque adoro um bom romance cheio de mistérios! Assim que recebi o livro já devorei numa sentada as primeiras 100 páginas. Alma Katsu sabe como entreter o leitor e instigá-lo a devorá-las. Alternando a narrativa entre passado e presente, a autora nos presenteia com estórias que se iniciam no início do século XIX, quando Lanore era uma adolescente.

Gostei muito da protagonista: Lanny é a típica adolescente apaixonada e confusa, que faria TUDO pelo amor de Jonathan, o garoto lindo, rico e sexy da cidade. (E o ‘mais galinha’ também). Ela tem um tipo de devoção meio anormal por ele. Embora a personagem pareça bobinha no início com o decorrer da narrativa ela vai se revelando e o leitor se vê num turbilhão de ‘COMO ASSIM?’, NÃO ACREDITO! e afins. rsrs

Com estórias envolvendo alquimia, magia, imortalidade e romance Alma Katsu conseguiu ganhar minha simpatia e já não vejo a hora de ler o segundo livro da trilogia. A obra só não ganhou a nota máxima (dei 4 estrelinhas) porque achei a parte de Adair um tanto chata e arrastada. Porém é  necessária para que a autora introduza melhor o leitor na historia.

Não recomendo o livro para menores pois há presença de cenas de sexo, violência, linguagem ‘forte’  e comportamento inadequado.


(...) Quase toda pessoa que conheceu Jonathan tentou possuí-lo. Esta era sua maldição, e a maldição de todos aqueles que o amaram. No entanto, era como estar apaixonado pelo Sol: brilhante e inebriante quando perto, mas impossível de mantê-lo só para si. De nada adiantava amá-lo e, do mesmo modo, de nada adiantava não amá-lo. pág.29



Sobre o livro:
Titulo: Ladrão de Almas
Autor: Alma Katsu
Editora: Novo Conceito
Páginas: 430

Trilogia 'The Taker'
1-The Taker (Ladrão de Almas no Brasil)
2- The Reckoning (ainda não publicado no Brasil)
3- The Descent (lançamento em 2013) 

Site oficial da autora: http://www.almakatsu.com/

Booktrailer:

domingo, 18 de novembro de 2012

LANÇAMENTO: Andanças


Olá leitores!

Carissa Vieira, do blog Arte Around the World e integrante do grupo #BlogueirosPE está lançando seu primeiro livro "Andanças" pela editora Multifoco, selo Desfecho Romances . Confiram abaixo a sinopse: 


Sinopse: 


Na Inglaterra do início do século XX, Charles, um jovem da alta sociedade londrina vê sua vida ser totalmente modificada ao ser atacado por uma vampira. A partir daí, além de ter que aprender a se adaptar ao seu novo destino e aos sofrimentos naturais da sua condição, ele vai perceber que nem tudo é o que parece, e vai ter que encontrar a resposta para a seguinte pergunta: Em quem eu posso confiar? 

Visitando alguns cenários da Europa e com alguns personagens intrigantes, como o Russo Mikhail e o sexy Lorenzo, a trama sempre nos faz retornar a mesma pergunta: Em quem confiar? Quem são os verdadeiros mocinhos e quem são os vilões? 

O lançamento será dia 24 de Novembro no Paço Alfândega, segundo piso, no bairro do Recife Antigo às 15h.

Estarei lá. E vocês?

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

RESENHA: Caminhos de Sangue (Dustlands: Livro 1)


Monique Melo

A família de Saba mora em Lagoa da Prata, um lugar isolado, onde o vizinho mais próximo fica a dois dias de caminhada. Ela acredita que seu pai lê as estrelas e sempre sabe o que vai acontecer. Enquanto suas previsões não se tornam verdade, Saba vive a sombra do seu irmão gêmeo, Lugh. Ela o ama e o admira mais do que qualquer pessoa, mas não consegue tratar sua irmã mais nova, Emmy, com o mesmo carinho. Certo dia quatro homens aparecem e levam seu irmão a força, além de matar o seu pai. Resta a Saba procurar o irmão e garantir a segurança da irmã, atitude que ela nunca se preocupou em ter. Em sua jornada repleta de perigos, ela vai encontrar aliados com suas próprias histórias de dor contra um inimigo poderoso.

 O livro é muito bom! Gosto de personagens que são fortes, tem objetivos e que crescem psicologicamente durante sua luta contra os obstáculos. Caminhos de sangue nos apresenta uma personagem assim. Saba tem tantas qualidades quantos defeitos e isso fica bastante claro nas suas atitudes, o que a tornou bastante verossímil. Os personagens secundários também são bem construídos e a relação de amizade com a protagonista bem trabalhada. Foi impossível não gostar do Jack, Lugh, Emmy e do corvo Nero.

A trama principal parece muito simples, mas com o passar das páginas, vai ficando mais complicado e as cenas mais bem elaboradas. Dá para entender logo que se trata de um livro introdutório, onde a verdadeira ameaça e objetivo serão revelados depois.

O único ponto que inicialmente considerei negativo foi a narrativa em primeira pessoa onde a autora fez questão de mostrar que a protagonista falava errado, não tinha instrução, como praticamente todos os personagens. Foi bem estranho encontrar “ino”, “estano”, “ficano” a cada linha lida. Mentalmente eu retificava cada palavra escrita de forma errada e isso, no inicio, prejudicou um pouco a leitura, embora a escrita da Moira Young seja ótima.

Uma distopia, sem muita descrição de como a nova sociedade funciona, mas com elementos de ação, romance, suspense e drama combinados de uma forma que o livro em nenhum momento se torna tedioso. A autora sabe finalizar o que se propõe para este primeiro volume, ao mesmo tempo em que nos deixa curiosos para saber o que vai acontecer. E lá vou eu esperar desesperadamente pelo próximo volume.


Sobre o livro:
Caminhos de Sangue
Série: Dustlands
Volume: 01
Autora: Moira Young
Ano: 2012
Editora: Intrínseca                    
Páginas: 352
Booktrailer: 

terça-feira, 6 de novembro de 2012

EVENTO: Nicholas Sparks Day



Mais uma vez os Blogueiros PE, em parceria com a Novo Conceito e a Tribo do Livro, irão realizar um evento em homenagem ao autor que arrebata o coração de muitas pessoas: Nicholas Sparks .

O evento será dia 10/11 e começará às 14h, na Saraiva do Shopping Center Recife, Pernambuco. Vários blogueiros ao redor do país estarão realizando o Nicholas Sparks Day e quem não for de Recife, pode conferir na página da Novo Conceito no Facebook, onde serão realizados os outros eventos.

Aguardamos a presença de vocês.

Abraços.

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

RESENHA: Cinquenta Tons de Cinza (Cinquenta Tons de Cinza #1)

Monique Melo

“Quando Anastasia Steele entrevista o jovem empresário Christian Grey, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir à beleza discreta, à timidez e ao espírito independente de Ana, Grey admite que também a deseja — mas em seus próprios termos.

Chocada e ao mesmo tempo seduzida pelas estranhas preferências de Grey, Ana hesita. Por trás da fachada de sucesso — os negócios multinacionais, a vasta fortuna, a amada família —, Grey é um homem atormentado por demônios do passado e consumido pela necessidade de controle. Quando eles embarcam num apaixonado e sensual caso de amor, Ana não só descobre mais sobre seus próprios desejos, como também sobre os segredos obscuros que Grey tenta manter escondidos...” Fonte: site Cinquenta Tons de Cinza.

O livro até que flui bem e a narrativa, embora não seja espetacular, é de fácil leitura, mas é impossível não se incomodar com a repetição de frases e com o vocabulário mais que limitado da Anastasia. A autora repete expressões e frases sem o menor pudor, o que dá a entender que não teve a mão de um bom editor para evitar certos exageros.

Incomodou-me demais a contradição nas atitudes dos personagens. Grey desde o começo diz conhecer só um tipo de relação sexual e gosta de ter controle sobre tudo, mas não mostra muita relutância em ceder ao jeito da Anastasia. Ela por sua vez, parece muito corajosa e segura para aceitar as preferências peculiares do Christian sendo uma virgem e sem conhecê-lo direito.  Isso não seria problema se os dois construíssem uma relação conforme se tornassem íntimos, mas não é o que acontece.

Tudo bem que desde o início eu sabia que era uma fanfiction de Crepúsculo. Em nenhum momento isso me atrapalhou, pois sou fã de fanfics e leio várias. Temos na Cassandra Clare um bom exemplo de escritora que começou nos sites destinados as criações dos fãs de diversas séries e que virou sucesso, mas ainda não entendo o porquê de tanta animação com a trilogia da E. L. James. Acho que qualquer romance de banca consegue trabalhar o enredo melhor do que a autora e constrói personagens que criam identificação com o leitor com maior eficácia.

O mais interessante do livro para mim foi a personalidade totalmente perturbada do Christian Grey. Pode-se adivinhar muita coisa sobre ele durante a leitura, mas ainda tem muitos detalhes sobre ele que não foram mencionados, os quais podem explicar suas atitudes. É a curiosidade sobre seu passado que está me motivando a ler o segundo livro da série.

Sobre o livro:
Cinquenta Tons de Cinza
Série: Cinquenta Tons de Cinza
Volume: 01
Autora: E. L. James
Editora: Intrínseca
Ano: 2012
Páginas: 455

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

RESENHA: Romeu Imortal

Fabiana Araújo

"Não consigo acreditar nisso.
As últimas quatorze horas têm sido um sonho que fica cada vez mais bizarro. Primeiro descobri sobre a aposta; depois, quase sofremos um acidente de carro; em seguida, Dylan age como se gostasse de mim, como se gostasse muito, como se gostasse de verdade. E agora, essa escapada fácil da minha rotina esmagadora. Não dá para acreditar nisso."

Romeu Imortal foi um dos lançamentos da Editora Novo Conceito mais esperados do ano por mim. Não via a hora de colocar as mãos no livro para ler a continuação de Julieta Imortal. Um livro que tem um lugar bem especial na minha listinha de favoritos e no meu coração.

Embora releituras não agradem a todos, eu amei o primeiro livro (resenha aqui)  e estava bem ansiosa para ler a continuação que nos presenteia com a versão do todo errado Romeu. rsrs
Como se trata de uma sequência vou enxugar bastante a resenha para não correr o risco de soltar spoilers gritantes para vocês ok?

Stacey Jay  inicia a história no mesmo ponto onde começou o livro da Julieta porém, os acontecimentos são narrados na maior parte por Romeu e Ariel.
Ariel acaba de descobrir que Dylan só aceitou sair com ela porque fez uma aposta com os amigos. Revoltada e enfurecida com a atitude do rapaz ela resolve por um ponto final no encontro provocando um acidente de carro. Acidente esse que poderia tirar a vida de ambos. Entretanto Romeu, já ‘habitando’ o corpo de Dylan, consegue evitar essa tragédia.
Romeu ganhou uma nova  chance da Enfermeira de Julieta para tentar se redimir dos erros do passado. Para isso ele terá de fazer com que Ariel se apaixone por ele, fazendo-a acreditar no amor.

Agora pensem comigo: como amar uma pessoa que supostamente apostou com os amigos idiotas que ficaria com a ‘esquisita’ do colégio? Como amar uma pessoa que mentiu para você? Que fingiu estar interessado só para se divertir com os amigos e se mostrar como o ‘espertinho’ do colégio? Rá, quando li a sinopse do livro fiquei bem desesperada pra lê-lo. Romeu vai ter um trabalho que nem conto pra vocês. Bem feito (Desculpem mas conhecendo Romeu todo mundo aprende a ser sarcastica rsrs)

Os personagens continuam carismáticos, engraçados e muito divertidos. Stacey Jay tem uma escrita bem fluida e dinâmica. O leitor não se cansa com o texto, os capítulos são pequenos e se alternam entre os narradores, hora Ariel, ora Romeu. E para quem sentiu falta de Julieta vai poder matar saudades \o/

Gostei muito do desenvolvimento que a autora deu pra o livro, perguntas são esclarecidas e os personagens ganham um brilho todo especial durante a narrativa. 
Um personagem que me surpreendeu bastante também foi Gemma, a melhor amiga de Ariel. Fiquei chocada com as revelações sobre a vida dela. Ficou mais fácil entender o 'porque' de certas atitudes dela. 

‘Embaixadores x Mercenários’ vão surpreender muitos leitores. Ainda estou tentando assimilar todas aquelas informações. Especialmente a que nos é revelada mais pro finalzinho do livro o.O #quedó

Só não consegui dar 5 estrelinhas para o livro porque achei meio confusa a alternância de tempo que a autora usou em certos momentos da narrativa. Me sentia perdida tentando descobrir onde os personagens estavam naquele ponto da historia e porquê. 

E nhaaa estou apaixonada pelo epílogo! Não consigo parar de reler. Que coisa mais linda, fofa e SURTANTE! S2
Vou sentir saudades desses dois livros. Não vejo a hora de pegar pra reler. Suuuuuuuuper recomendo. 


“Há somente uma coisa sólida o suficiente para me manter firme, e essa coisa é ela. Eu a amo. Ela é minha cara metade, minha segunda chance, a única coisa no mundo que pode me ensinar a ser mais do que um monstro. Sua fraqueza me mostrou a força que tenho, sua fé me fez acreditar, seu amor me tornou um todo. Nunca vou esquecê-la e nunca vou abandona-la.”

  Booktrailer




Sobre o livro:
Titulo: Romeu Imortal
Autor: Stacey Jay
Editora: Novo Conceito
Número de paginas: 319


sábado, 20 de outubro de 2012

RESENHA: Starters (Starters #1)


Monique Melo

Os pais de Callie morreram um ano atrás, após uma arma química chamada de Esporos atingir todas as pessoas com idade entre 20 e 60 anos. Sem parentes próximos, Callie e seu irmão, Tyler são obrigados a viver em prédios abandonados e constantemente tem problemas para arranjar comida. Para ter condições de morar em um lugar seguro e cuidar da saúde frágil do irmão, Callie resolve alugar seu corpo para um Ender (idoso com mais de 60 anos) através da empresa Prime Destinations. O procedimento consiste em por a consciência do Ender no corpo do Starter. No terceiro aluguel do corpo da Callie, algo dá terrivelmente errado e ela se vê sozinha no meio de um plano arriscado.

A ideia geral do livro é muito boa. Longas e complicadas discussões podem resultar da ética (ou a falta dela) quando se trata do aluguel de corpos e de como as pessoas com mais dinheiro na sociedade pós-guerra dos Esporos se beneficiam das crianças e adolescentes sem familiares. O problema foi que essas questões são levantadas, mas não são desenvolvidas durante a narrativa e tudo fica superficial demais. Ao terminar o livro, fiquei com a sensação que tudo poderia ser melhor explorado, ficado um pouco mais complexo.

Os personagens também não são cativantes e a protagonista com facilidade se desvia do seu objetivo. Várias situações são resolvidas com mais sorte do que pelas atitudes tomadas pela Callie e acho que isso não funcionou bem.

Não estou querendo dizer que o livro é ruim. Como já disse antes, o mote é bom e tem potencial, mas eu cometi o erro de esperar mais do que foi apresentado. Espero que o segundo livro da série apresente mais profundidade no que se refere ao enredo e que os protagonistas possam crescer durante a história.

Sobre o livro:
Starters
Série: Starters
Volume: 01
Autora: Lissa Price
Editora: Novo Conceito
Ano: 2012
Páginas: 368
Booktrailer:


terça-feira, 9 de outubro de 2012

RESULTADO: Primavera de livros com os #BlogueirosPE


E aí, leitores! Como estão?

O sorteio "Primavera de livros com os #blogueirosPE" chegou ao fim e os sortudos foram:

sábado, 6 de outubro de 2012

RESENHA: Apaixonados (Série Fallen)


Monique Melo

Apaixonados é um livro paralelo a série Fallen que trás um pouco do passado dos personagens secundários e, claro, do casal principal. Nesse livro, podemos acompanhar quatro histórias dos personagens da série e ver relacionamentos que eles vivenciaram o que explica um pouco o comportamento de alguns deles.

O primeiro conto é o mais leve e tem a Shelby e o Miles como protagonistas. Eu sempre gostei dos dois na série, e passei a achá-los ainda mais legais. O Miles realmente é muito fofo e Shelby bem divertida.

Roland me surpreendeu. Ele sempre foi um dos personagens que achava mais legais e seu passado tem aspectos tão tristes, mas muito românticos. O conto sobre sua paixão foi realmente muito bom.

A história que mais gostei foi a de Ariane. Para mim, foi a mais cativante e profunda e, por que não, surpreendente. Eu nem desconfiava o que significava a cicatriz que ela tem no pescoço e como era triste sua história.

O conto mais chatinho foi a do casal principal, Luce e Daniel. Para mim não é exatamente uma novidade, mas como os contos anteriores foram muito bons, fiquei com esperança. Infelizmente, Daniel não é um personagem cativante e isso foi uma barreira que não consegui superar.

Senti falta de um conto sobre o Cam, um dos meus personagens preferidos da série. Ele é sempre tão misterioso, então achei que seria uma boa oportunidade de falar mais sobre ele.

O livro tem poucas páginas, mas a escrita e a narrativa da Lauren é boa e acho que para mim funcionou mais com contos do que em histórias longas e isso me ajudou a gostar bastante do livro. Para quem ainda não leu a série Fallen, uma dica: leia pelo menos os dois primeiros volumes (Fallen e Tormenta), pois alguns personagens só aparecem no segundo livro e a probabilidade de ler spoiler é grande.

Sobre o livro:
Apaixonados
Série: Fallen
Autora: Lauren Kate
Ano: 2012
Editora: Galera Record             
Páginas: 182

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

RESENHA: Belle


Fabiana Araújo

Belle Cooper tem 15 anos e mora em um bordel. Ela sonha em ter uma loja de chapéus quando crescer. Embora tenha sido criada na casa ela não faz ideia do que acontece nos quartos. Para ela, os homens vão à ‘Casa de Annie’ atrás da companhia das meninas para dançar e conversar. Mog e sua mãe Annie tentam manter Belle alheia a esse mundo e isso vem funcionando muito bem desde seu nascimento.

Porém, certo dia, depois de uma faxina exaustiva Belle adormece no quarto de Millie. Ouvindo passos e temendo a fúria de sua mãe ela se esconde embaixo da cama e acaba presenciando o que verdadeiramente acontece nos quartos. E como se essa revelação não fosse chocante o bastante para Belle ela ainda testemunha o assassinato da moça.

Temendo ser enforcado, Kent, o assassino de Mille, sequestra Belle no dia seguinte e a vende para uma casa de prostituição em Paris.
É tão injusto com a autora tentar colocar no papel o que ela retratou tão bem no livro que estou meio travada, sem saber o que escolher para contar nessa resenha. Preciso de algo que os façam se interessar pela leitura e que seja digno dessa historia tão linda, triste e comovente.
Não vou mentir, a trajetória de Belle é bem árdua, o livro é bem extenso e a narrativa se mostra bem chocante. Lesley Pearse não poupa o leitor descrevendo as experiências e abusos vivenciados pela protagonista. A riqueza de detalhes e a linguagem forte nos fazem perder o fôlego, nos choca e mexe muito com o nosso coração. (Tudo bem que sou uma manteiga derretida assumida mas...)Esse é o tipo de livro que você levará para sempre em sua memária pois passara um bom tempo refletindo os fatos e se lembrando dos personagens.

É impossível não se apaixonar por Jimmy, o único amigo de Belle. Um menino de cabelos ruivos, que ela conheceu dias antes de desaparecer, mas que nunca perdeu a esperança de encontrá-la novamente, de trazê-la para casa, de garantir que ela voltasse para onde pertencia. Jimmy e Mog foram durante essas quase 600 paginas o retrato da minha esperança quando eu não conseguia ver nenhuma. Acredite, o leitor se sente devastado em vários momentos da narrativa.
Um fato  assustador e revoltante  do livro é que embora a história seja ambientada no inicio do século XX (1910) a prostituição ainda domina um número bem expressivo hoje em dia . Crianças são sequestradas ou desaparecem de suas famílias e são vendidas para esse mercado. E quando, por um milagre, conseguem fugir não tem coragem para voltar para casa por vergonha, medo ou porque não veem outro futuro que não seja o que foram submetidas. Isso quando não acabam morrendo por overdose, entregues ao mundo das drogas. Um dos ‘vilões’ do livro disse algo que me deixou pensando: ‘Enquanto houver procura por esse mercado ele sobreviverá.” E infelizmente eu tenho de concordar :(

Recomendo a leitura para aqueles leitores que não tem medo de um livro denso, com uma história de vida e esperança. Um livro que te faz refletir sobre um dos assuntos mais polêmicos, revoltantes e vergonhosos da nossa sociedade.
4 estrelinhas


 Sobre o livro:
Titulo: Belle
Autora: Lesley Pearse
Editora: Novo Conceito
Número de paginas: 559

Booktrailer: