sábado, 29 de outubro de 2011

EVENTO: A Esperança - Hunger Games #3

PRESENTE DA ROCCO PRA QUEM FOR AO EVENTO!!!


20% DE DESCONTO EM TODOS OS LIVROS DA EDITORA... MAS SÓ PRA QUEM PARTICIPAR DO EVENTO!!!


=)

Éééé pessoal, finalmente mais um evento super legal pra vocês!! Em parceria com o site Robsten faremos o evento de lançamento de A Esperança, terceiro livro da fantástica série Hunger Games!

Se você ainda não leu os livros, não tem problema, leia as resenhas de Jogos Vorazes,  Em Chamas e A Esperança clicando nos links!


O evento será dia 29 de outubro, sábado, as 16 horas na Saraiva do Diamond Mall. 

Se você pensou que os jogos haviam acabado... você ainda não viu nada!!

Nós e o Robsten estamos esperando toooodo mundo lá com muitos brindes e diversão!!

=)

terça-feira, 25 de outubro de 2011

RESENHA: A Jornada

Rosa Helena Duarte (mae da Nina Duoli!!)

A Jornada conta a história de 4 irmãs que fazem uma viagem tão inacreditável, que mais parece um sonho. O autor conta com detalhes como as irmãs conseguiram solucionar um problema que abriu as portas para a busca de um milagre.

Em 27 capítulos o autor conta passo a passo uma história sobre esperança, fé, sobrevivência, fraternidade e amor que pode unir e salvar. Uma mensagem que nos leva a acreditar em uma amizade que une e cura, um amor que pode salvar vidas.

A história começa em um outono véspera de Halloween quando tudo é festa, desde preparar abóboras e pegar doces até o momento da comemoração. Diante deste clima de alegria e da disputa de um espaço ou um olhar dos pais, a mãe entra em trabalho de parto antecipado e resolve dar a luz a mais um membro para a família. Ainda não era a hora da chegada do novo bebê e todo o movimento para socorrer a mãe e leva-la ao hospital, deixa as crianças apavoradas. O bebê nasce prematuro e o medo que os pais tem de perdê-lo, acaba aumentando nas imãs mais velhas a vontade de salva-lo.

Em sua grande imaginação vinda das histórias contadas pelos pais, as duas irmãs criam um plano na busca de uma solução milagrosa tão cantada nas músicas de ninar pela mãe.

“A senhora dos desejos, sabe bem como ajudar. No meio da tempestade, recolha a água da fonte, água pura lá do monte. Mulher Sábia da Montanha tem piedade de mim.”

Depois de muita dificuldade em despistar o avô para entrar no escritório do pai e pegar o livro da Mulher Sábia, as meninas começam uma a longa viagem pela floresta até a montanha.

Com uma narrativa muito emocionante e até mesmo divertida o autor detalha todos os passos das duas irmãs: como fizeram o caminho rio abaixo, os diversos impecílios e barreiras, o rio e a garganta do diabo, os animais surgidos no meio da floresta, os ursos que deveriam estar hibernados, as borboletas monarcas mesmo não sendo época delas, os caçadores bandidos.

O livro é cheio de magia e é possível senti-la em cada frase e cada momento que as meninas passam dentro da floresta. É uma história que muitas vezes parece de criança, mas que tem lições muito profundas. Quando as meninas descobrem o milagre ele não é como elas esperavam, mas a vontade de ajudar o novo bebê era tão grande que elas continuam acreditando nele. Quando chegam no hospital descobrem que aprenderam não só uma lição de amor e amizade, mas também em não tomar decisões precipitadas e não sonhar com o desconhecido.

A maior mensagem do livro é que pessoas unidas pela amizade e pelo amor sobrevivem e promovem verdadeiros milagres.

 
Mais:
 
Titulo: A Jornada
Autor: Erin E. Moulton
Título original: Flutter: The story of four sisters and an incredible journey
Editora: Novo Conceito
Ano: 2011
Paginas: 200


sábado, 22 de outubro de 2011

RESENHA: Minha Vida Fora de Série – 1° Temporada

Monique Melo


A estória se passa cerca de três anos antes dos acontecimentos de FMF. Acompanhamos nesse livro a adaptação da Priscila, uma apaixonada por séries, à sua nova vida em Belo Horizonte, as novas amizades, a nova rotina e aos garotos, lógico!


Na escola, Priscila conhece uma pessoa muito especial que compartilha com ela muitos gostos em comum e logo se vê apaixonada. Só que a vida é como uma série de TV: tem seus percalços e sempre tem alguém para atrapalhar a vida da protagonista. Será que a vida vai imitar os seriados e terá final feliz?


A narrativa da Paula Pimenta continua tão apaixonante quando em FMF, mas não pensem que vão encontrar outra Fani neste livro. A protagonista tem seu brilho próprio e sua personalidade nem passa perto da tímida Fani, muito pelo contrário: Priscila é bem espontânea e decidida.


Gostei bastante da família da Priscila e da relação dela com cada um deles. A mãe dela é me lembrou demais a minha com seu jeito amigo e seus conselhos certeiros!


E o Rodrigo, gente? Ele é muito fofo! Bom amigo, eu sabia que ele era pelas atitudes dele em FMF, mas não imaginava o quanto ele era sensível. Fiquei impressionada! Como a Paula consegue fazer um personagem tão fofo quanto o Léo!? (aiiii, o Léooo).


Legal demais saber mais sobre alguns personagens conhecidos dos leitores de FMF. Ler sobre o Leo, Rodrigo, Natália e Priscila matou um pouco a saudade que sentia deles!


Outra personagem que me ganhou foi a Samanta. Morria de rir com os conselhos (super corretos) dela. Engraçado como tudo aconteceu do jeitinho que ela disse a Priscila.


Os capítulos começam com diálogos de séries e eu simplesmente adorei, principalmente os retirados dos seriados Dawson’s Creek, Gilmore Girls, The O.C., Smallville... É sempre muito interessante perceber o quanto os diálogos escolhidos tem a ver com o capítulo.


Achei o final tão lindo! Tão fofo quanto todo o livro, não deixa aquela ansiedade pelo próximo porque termina em algo chocante... Deixa ansioso porque os personagens e o enredo são tão bons que você sempre quer mais! Que venha a próxima temporada!


Sobre o livro:

Minha Vida Fora de Série – 1° Temporada

Série: Minha Vida Fora de Série

Volume: 01

Autora: Paula Pimenta

Ano: 2011

Editora: Autêntica/Gutenberg

Páginas: 408

Primeiro Capítulo: AQUI

Hotsite: AQUI

Site da autora: AQUI

Twitter da Autora: @paulapim

Teaser:

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

RESENHA: A Esperança (Hunger Games #3)


Monique Melo


A guerra é mais voraz do que qualquer jogo.

Haverá vencedor na luta contra a Capital?


Depois do final chocante de Em Chamas, o terceiro livro da trilogia Hunger Games mostra Katniss tentando lidar com seu esgotamento físico e psicológico. Ela agora está no Distrito 13, onde as forças contra a Capital se organizam para derrubar o presidente Snow. Apesar do objetivo em comum, Katniss não confia na líder do distrito, que claramente não gosta de sua postura. Entre os horrores da guerra e a busca incessante por liberdade, Katniss tem que seguir em frente e descobrir em quem pode confiar. Afinal ela é o tordo e, além de símbolo desta guerra, ela é o alvo.


Tem alguns dias que terminei A Esperança e ainda não consegui tirar a estória da cabeça. Acho que sempre passo por isso quando não esperava algum acontecimento ou quando me apeguei demais a determinado livro ou série. Muita coisa era esperada, mas outras tantas me surpreenderam.


Eu adoro a Katniss, mas ela me irritou muito com seu comportamento nesse livro. Ao mesmo tempo, uma parte das atitudes e sentimentos dela fazia muito sentido. Certas coisas que ela fez para o Peeta foram realmente difíceis de engolir, pois ela estava castigando-o como se ele fosse culpado do que o fizeram passar. Em outros momentos, eu ficava feliz por vê-la lutando por ele, por Gale, por Prim, por seus amigos...


“- Você ainda está tentado me proteger. Verdadeiro ou falso? – sussurra ele.


- Verdadeiro – respondo. A resposta parece requerer mais explicações – Porque é isso que você e eu fazemos. Protegemos um ao outro.” - Página 326.


Finnick mais uma vez me impressionou e entrou para minha lista de personagens preferidos. O Gale não conseguiu me agradar nos outros livros e nesse, simpatizei um pouco, mas só isso. Ainda não gosto da forma de pensar dele e algumas atitudes não ajudaram a melhorar minha opinião.


Senti cada perda, cada morte, e ficava imaginando como a Katniss conseguia seguir em frente... E conforme o livro avançava, descobrimos que muita gente passou ou estava passando pela mesma situação que ela.


O jogo político é bem presente e é tão protagonista do livro quanto a própria guerra. As situações e informações manipuladas para animar ou assustar os cidadãos de Panem são tão contemporâneas a nossa própria vida e é impossível não se identificar.


O final não é exatamente feliz. Aliás, depois de tudo seria um tanto impossível. Mas dá esperança de um futuro bom, onde as mudanças sejam para melhor e, quem sabe, muitos dos erros não sejam mais cometidos. Um final adequado a essa ótima série. Recomendadíssimo e fim.


“Mas há jogos muito piores do que esse.” – página 419.


Sobre o livro:


A Esperança

Série: Hunger Games

Volume: 03

Autora: Suzanne Collins

Ano: 2011

Editora: Rocco

Páginas: 424

Primeiro capítulo: AQUI

Twitter Oficial: @TheHungerGames

Book Trailer:



terça-feira, 11 de outubro de 2011

RESENHA: Sou Toda Errada


Monique Melo

Mila não se conforma com o fim do seu namoro com sua o amor da sua vida. Mesmo que o relacionamento dos dois não fosse sadio, ela quer o ex de volta e fará tudo para conseguir tê-lo novamente. Mesmo que isso signifique passar por cima de qualquer um, até dela mesma.

Não sabia muito sobre a Tammy Luciano e seus livros antes da Bienal do Livro de Pernambuco. Quando ela falou um pouco sobre o enredo e sobre a Mila, a garota “nojentinha” de Sou Toda Errada, fiquei bem curiosa. Afinal, quem definiria sua própria protagonista desse jeito?

“De boazinha, não tinha nada e nem queria ter." – Mila, página 44.

Mas é aí que o livro ganha o leitor. Geralmente, os personagens principais são cheios de virtudes, mesmo que as descubram depois de uma árdua e intrigante trajetória onde essas qualidades são ressaltadas. Mas não acontece nada disso em Sou Toda Errada. Mila, a protagonista e narradora dessa estória, não tem nada de boazinha. Muito pelo contrário: gosta das maldades que faz e justifica tudo com o amor obsessivo que sente.

Mila faz de sua vida virtual uma falsa vitrine de seus sentimentos e uma forma de vingança contra a pessoa que ela acredita impedi-la de ser feliz: a atual namorada do seu ex. Embarcar na mente nada convencional dela me faz sentir várias coisas como tristeza, pena, raiva... Mas em alguns momentos é meio impossível não se identificar com ela. Quem nunca fingiu estar bem, feliz e animado para não deixar que seus “inimigos” se aproveitassem ou se divertissem com seu estado de fragilidade? Mas em outros, fiquei chocada com a facilidade em não pensar nos sentimentos dos outros e nas conseqüências dos seus atos.

Não vou falar demais, porque corro sério risco de dar spoiler! Só posso afirmar que adorei a narrativa da Tammy, achei forte, objetiva e sincera, mas, acima de tudo, surpreende. Recomendo bastante a leitura de Sou Toda Errada e convido vocês a entrar um pouco no mundo da Mila e tentar entender um pouco da sua conturbada mente.

Sobre o livro:

Sou toda Errada
Autora: Tammy Luciano
Ano: 2009
Editora: Imprimatur
Páginas: 133
Site da autora: AQUI
Twitter da Autora: AQUI
Facebook: AQUI


Momento Promoção:

Como a Tammy Luciano é tão fofa quanto a Mila é terrível, ela autografou marcadores para os leitores da Fábrica! Para quem comentar nessa resenha, além do marcador, sortearemos boton e flyer. Fiquem ligados nas regras:

- Seguir o blog publicamente;
- Comentar na resenha;
- Deixar email para contato.

O sorteio será realizado dia 20/10/11. Boa sorte!