quarta-feira, 27 de junho de 2012

RESENHA: O que aconteceu com o adeus


Monique Melo

Mclean nunca fica tempo suficiente num lugar para criar laços. Na verdade, ela não quer forma nenhum vinculo com ninguém. Desde a separação dos seus pais, sua vida é mudar junto com o pai por conta do seu trabalho. A cada cidade, Mclean se mostra uma pessoa diferente: líder de torcida, nerd, esportista. Personalidades diferentes que começavam assim que ela se instalava no novo lugar e somem no momento que vai embora. Desta vez, ela e o pai estão na cidade de Lakeview para reerguer o restaurante Luna Blu. Mclean já estava pronta para por mais uma personalidade em prática, mas por causa de alguns mal entendidos, se vê sendo ela mesma, seja lá quem ela for. Conforme ela começa a fazer amizade com algumas pessoas, em especial seu vizinho Dave, deixar transparecer cada vez mais quem é de verdade. Ou seria descobrir quem é realmente?

“Pense numa mudança que faça tremer a terra, arruinar a vida, e já era. Ou encare como uma transformação, uma chance de se reinventar e de recomeçar, e tudo bem.” - Página 8

Falar de Sarah Dessen é falar de livro bom. Quanto mais livros da autora eu leio, mas fascinada por sua escrita fico. Em “O que aconteceu com o adeus” a autora retorna com outra personagem cativante que precisa se adequar a separação dos pais e suas consequências. É nesse contexto que Mclean se torna uma das melhores protagonistas da autora. Problemas com a mãe, a dificuldade de formar laços e o constante medo das despedidas transformam Mclean em uma garota legal, mas que nunca se mostra realmente.

“Como será que deve ser, sendo tão autêntica, tão frágil que seu mundo inteiro de pensamentos fica tão fácil de ler no seu rosto? Eu não conseguia nem imaginar.” – Página 108

Sua convivência com o pai é ótima e bem explorada pela autora. A forma que a vida dos dois é sempre modificada pelas constantes mudanças é determinante e caracteriza muitos os personagens. A forma real que a autora os define cria imediata ligação com nossa realidade e é bem fácil se imaginar vizinha do Dave ou amiga da Deb. Acho que é isso o mais fascinante nas obras da autora: como cada personagem é verossímil e como todos os acontecimentos se aproximam do cotidiano.

O foco, como sempre, são os questionamentos e obstáculos da vida da personagem principal e como os mesmos são resolvidos. Tem romance? Sim! Mas acontece tão gradualmente que se torna mais uma consequência do enredo do que um ponto destacado intencionalmente. Esta é uma característica da autora que também pode ser observada em Just Listen e A Caminho do Verão.

O que posso concluir deste livro? Que é outro obra maravilhosa de uma autora que sabe construir enredo, domina muito bem a narração e prende o leitor do início ao fim. Livro super recomendado.


Sobre o livro:
O que aconteceu com o adeus
Autora: Sarah Dessen
Ano: 2012
Editora: ID
Páginas: 424

sexta-feira, 22 de junho de 2012

RESENHA: Viva para Contar


Fabiana Araújo

Danielle Burton é uma sobrevivente. Há 25 anos ela sobreviveu ao assassinato de toda a sua família. Seu pai matou sua mãe e seus dois irmãos, poupando apenas a vida de Danielle. Ela se pergunta desde então o que o motivou a deixá-la viva. Será que ele a amava demais ou a odiava ao ponto de condená-la a sobreviver à tamanha tragédia? Hoje Danielle é uma enfermeira na ala psiquiátrica de um hospital infantil. Seu propósito é ajudar essas crianças a se ajustarem o melhor possível às suas famílias e à sociedade.

“Eu sei o que você esta pensando. Você acha que escolhi essa carreira para salvar crianças perdidas, assim como eu. Ou, talvez, de maneira ainda mais heróica, você acha que escolhi essa profissão para evitar tragédias como aquelas que aconteceram à minha família.
Entendo o que você esta pensando.
Mas você não me conhece.”

‘Viva para contar’ é o quarto livro da série D.D.Warren, de suspense policial Best-seller do The New York Times.

D.D. Warren, investigadora veterana do departamento de polícia de Boston, investiga um assassinato onde quatro pessoas da mesma família foram assassinadas. O pai, e possível suspeito, esta internado na UTI entre a vida e a morte. Seria uma tentativa de suicídio depois de ter cometido o crime ou apenas uma armação?

Essa foi minha primeira experiência com a autora e já não vejo a hora de colocar os ‘olhos’ em mais um livro da serie. Embora a obra tenha sido publicada na ordem errada isso não atrapalha em nada o bom desenvolvimento da estória e o raciocínio do leitor.

Gardner sabe como soltar e unir pontas. O leitor se pega tentando entender todo o mistério dos assassinatos e o comportamento dos personagens. Eles são tão bem construídos e caracterizados que é impossível não se ver presa na teia de conflitos de cada um.

Alem de um suspense eletrizante a autora ainda aborda toda a questão de crianças psicóticas. Como elas se inserem no mundo, qual o comportamento dos pais, os conflitos que a doença trás para as famílias, o relacionamento dessas crianças com os pais e a família.

A obra é tão intensa e verossímil que embora seja ficção o leitor se pega refletindo sobre cada um dos temas apontados durante a leitura. A autora conta nas ultimas paginas do livro como foi todo o processo de escrita e sobre as pesquisas que fez.

Super recomendo, para quem gosta de suspense policial é uma ótima leitura.


A série:

1 - Alone
2 - Hide
3 - The Neighbor
4 - Live to tell (Viva para contar)
5 - Love you more
    The 7th Month (enovella)
6- Cacth me


Sobre o livro:

Titulo: Viva para contar
Autor: Lisa Gardner
Editora: Novo Conceito
Número de paginas: 479

Book Trailer

domingo, 17 de junho de 2012

RESENHA: Glimmerglass – O encontro de dois mundos (Faeriewalker #1)


Monique Melo

Dana decide fugir da mãe alcoólatra e encontrar o pai no reino de Avalon. Ela não sabe muita coisa sobre ele, mas desde o momento de sua chegada, uma situação estranha atrás da outra  acontece e ela de torna objeto de desejo de muitas pessoas, inclusive dos 3 candidatos a cônsul de Avalo: dua tia Grace, Alistair e seu próprio pai. Sem ter noção do motivo que a torna tão especial, Dana é levada da casa de sua tia pela mal humorada Kimber e o atraente Ethan, que tentam a todo custo fazê-la ingressar no Submundo Estudantil. Disposta a encontrar o pai e obter algumas respostas, ela precisa sobreviver a diversos ataques e entender porque escolher um aliado na disputa pelo cargo de cônsul pode definir o futuro político de Avalon.

Achei a proposta deste livre bem interessante. Mesmo utilizando-se de seres mágicos, mostra bem o jogo de poder para ser cônsul de Avalon. Isso foi o que mais me atraiu: as atitudes de cada lado para convencer Dana a apoiá-los e como cada movimento ou decisão dela tinha repercussão política. O dom da Dana também é bem legal. A autora sabe dosar bem a mistura da importância da magia e da tecnologia para os cidadãos de Avalon e isso se reflete na narrativa.

Os personagens são bem construídos e a Dana não é uma protagonista chorona, e eu adorei isso! Gostei muito do Finn e de seu filho, o Keane. Kimber é outra que eu ficava ansiosa por cenas onde ela aparecia, mas não posso dizer o mesmo do seu irmão, Ethan. Vários personagens foram difíceis de definir. Ora eu os tomava como possíveis vilões, ora eu os inocentava. Creio que esse é um ótimo atrativo para o livro, pois abre várias possibilidades de desenvolvimento do enredo.

Momentos de ação e explicações são utilizados constantemente e, de minha parte, creio que o rumo da afeição da Dana poderia ser trabalhado um pouco melhor e de forma mais comedida. Achei que este livro, para um começo de série, já entrega muito o fim que vai ter neste sentido. Espero estar errada.

O desfecho do livro é muito bom e, como todo o livro, deixa vários questionamentos para os próximos volumes. Eu, claro, já estou ansiosa para lê-los.



Sobre o livro:
Glimmerglass – O encontro de dois mundos
Série: Faeriewalker
Volume: 01
Editora: Universo dos Livros
Ano: 2011
Páginas: 296

terça-feira, 12 de junho de 2012

PROMOÇÃO Junina com os #BlogueirosPE


Mês das festas Juninas! \o/\o/\o/

 A Fábrica mais uma vez  junto com os blogs Arte Around the World, Capa e Título, Restaurante da Mente, Livretando, Palavras Prolíferas  e Catavento de Ideias, vai sortear um kit com quatro livros e outro com três livros para vocês.

E no Arraiá dos BlogueirosPE vocês não precisarão pular fogueira para sair com muitos livros! Basta apertar os botões e torcer!

A promoção começa hoje e se encerrará no dia 30/06. 

Boa sorte!

Hábito de Leitura - Brasil das Gerais

Oi pessoas!!!

No dia 09 de maio o programa Brasil das Gerais, da Rede Minas, abordou o tema Hábito de Leitura. O programa foi bem legal, informativo e com a participação de convidados especiais no programa e nas reportagens...entre eles a Flávia Tironi... nossa Hermione oficial e Bella Swan nas horas vagas.

Ela foi entrevistada pelo programa e falou um pouco de como Harry Potter a fez entrar no mundo das pessoas viciadas em leitura (como todos nós felizes criaturas que amam ler!).

Nos 3 videos a seguir você pode assistir o programa completo. A entrevista da Flávia está no video 3.

Vale a pena assistir e saber os porquês, comos e ondes  da literatura no Brasil!!!






quinta-feira, 7 de junho de 2012

RESENHA: Um Mundo Brilhante

Flávia Marques

Quando o professor Ben Bailey sai de casa para pegar o jornal e apreciar a primeira neve do ano, ele encontra um jovem caído e testemunha os últimos instantes de sua vida. Ao conhecer a irmã do rapaz, Ben se convence de que ele foi vítima de um crime de ódio e se propõe a ajudá-la a provar que se tratou de um assassinato.

Sem perceber, Ben inicia uma jornada que o leva a descobrir quem realmente é, e o que deseja da vida. Seu futuro, cuidadosamente traçado, torna-se incerto, pois ele passa a questionar tudo à sua volta, desde o emprego como professor de História, até o relacionamento com sua noiva. Quando a conheceu, Ben tinha ficado impressionado com seu otimismo e sua autoconfiança. Com o tempo, porém, ela apenas reforçava nele a sensação de solidão que o fazia relembrar sua infância problemática.

Essa procura pelas respostas o deixará dividido entre a responsabilidade e a felicidade, entre seu futuro há muito planejado e as escolhas que podem libertá-lo da delicada teia de mentiras que ele construiu.

Quando li essa sinopse, achei que o foco de Um Mundo Brilhante seria o assassinato de um jovem. Pensei em um livro cheio de suspense e surpresas, mas o enredo não é bem esse.

O livro é narrado em terceira pessoa, sob o ponto de vista de Ben, combinando atualidade e eventos passados, com capítulos curtos e divididos em cinco partes. Cada uma dessas partes representa uma fase na vida de Ben, o personagem principal.

A princípio, a história se atém ao assassinato, mas com aparição da irmã do jovem assassinado e as mentiras de Ben, o foco muda para uma escolha que Ben deverá fazer. E, para mim, foi nesse momento que T. Greenwood se perdeu, pois ela não conseguiu deixar claro se o livro trata de um drama ou um suspense.

O desfecho não me agradou muito. A autora pareceu ter pedido o fôlego. O livro merecia um final mais condizente ao restante da história, que foi bem organizada e muito bem narrada. Talvez eu estivesse esperando um final feliz ou algo parecido. Enfim, Um Mundo Brilhante é bem real, proporciona ótima leitura e bons momentos de reflexão. O que fazer quando o mundo em que você vive não é o lugar a que você pertence?


Sobre o livro:

Título: Um Mundo Brilhante
Autor: T. Greenwood
Editora: Novo Conceito
Páginas: 336



Book Trailer

terça-feira, 5 de junho de 2012

PROMOÇÃO - O Sonho de Eva

Ebaaaaa... mais uma promoção no ar!



Para levar um exemplar do livro O Sonho de Eva, da Editora Novo Conceito é facinho facinho...

1 - Faça um comentário nesse post com seu nome e perfil do Facebook.

2 -  Siga o blog, clicando em seguir ali  no lado direito.

3 - Seguir nossa página no Facebook

4 - Contar da promoção para todos os seus amigos, parentes, inimigos, pessoas que vocês virem passando na rua.... quanto mais gente participar, mais promoções faremos!!!

E só!

O sorteio será dia 24 de junho, pelo random.org, em ordem pelos comentários aqui no blog.

Boa sorte e boas idéias pra vocês!!!

=)


segunda-feira, 4 de junho de 2012

RESENHA: O Sonho de Eva


Fabiana Araújo

Dra. Eva Abelar, uma autoridade mundial em sonhos lúcidos, estava em uma conferência em Viena quando foi informada pelas autoridades locais que sua irmã Anna havia caído de sua cobertura no 20º andar da rua Augusta em São Paulo. Atordoada pelo impacto e tristeza da morte da irmã, Eva ainda tem de lidar com o desaparecimento de seu filho Joachim que estava na companhia da tia enquanto a mãe viajava. 

Joachim é autista e as autoridades do Brasil não tem nenhuma pista da localização do menino. O apartamento de Anna não acusava a presença da criança, mas duas taças de vinho  indicavam a presença de alguém no apartamento de Anna.

Eva conta com a ajuda de Alec, um psiquiatra e amigo de longa data, para encontrar o filho e descobrir o que realmente aconteceu com sua irmã, pois eles não acreditam em suicídio. Assim resolvem começar a investigação nas Indústrias Yume, onde Anna trabalhava no desenvolvimento de jogos que acontecem em sonhos lúcidos. A empresa logo mostra um grande interesse em contratar Eva para terminar o trabalho de Anna.

Sabe quando você inicia a leitura planejando ler apenas dois ou três capítulos e quando vê já leu 100 paginas? Esse foi o caso com o ‘O sonho de Eva’. Tenho de confessar que detesto inicio de livro, tudo parece muito ‘morno’ ou confuso para mim. Demoro a engatar na narrativa e a me entrosar com os personagens. Mas esse definitivamente não aconteceu com a narrativa de Chico Anes. O autor soube muito bem como prender o leitor em sua trama. É impossível não devorar as páginas, querer saber o porquê dos acontecimentos. O leitor se pega tentando antecipar os passos de Eva, se arriscando a descobrir o que realmente aconteceu com Anna, tentando decifrar onde a Yume se encaixa e torcendo muito por Alec. (sim, ele é um lindo)

Chico Anes esteve autografando na Bienal de Minas,dia 19 de maio. Nem preciso mencionar meu surto quando soube da presença dele aqui. Foi realmente uma honra ter a oportunidade de conversar com ele. Como uma narrativa de tirar o fôlego, personagens muito bem caracterizados e um cenário de arrepiar ‘O sonho de Eva’ é um dos melhores livros nacionais que já tive oportunidade de ler. Super recomendo!

“Enquanto estamos sentados em frente ao aparelho, vivemos uma espécie de sono artificial.Entramos num estado de passividade quase hiptónica e, então, experimentamos as sensações dos avatares da tela, dos mocinhos e heroínas das novelas; assimilamos seus conceitos, sua moral. E essa absorção de mundos em imagens nos faz mudar o linguajar, o pensamento e, depois, como consequência, nossas formas de relacionamento. Quando se liga uma tevê, lá também se pode encontrar a figura do homem virto-real. E dependendo de quem esteja manipulando a transmissão e os conteúdos, nossos sonhos e livre-arbítrio estarão correndo perigo de novo.”



Sobre o livro:

Titulo: O sonho de Eva
Autor: Chico Anes
Editora: Novo Conceito
Número de paginas: 304

Book Trailler

sábado, 2 de junho de 2012

RESENHA: As vantagens de ser invisível

   Monique Melo


Charlie é um garoto sensível, que parece viver no seu próprio mundo. Expectador silencioso consegue acompanhar o crescimento dos seus amigos numa perspectiva privilegiada, própria de alguém invisível. Tudo a sua volta é assunto para suas misteriosas cartas, as quais são enviadas para alguém desconhecido. Através das palavras de Charlie, documentadas através das cartas, acompanhamos sua relação com a família, seus grandes amigos Patrick e Sam e seu dia a dia na escola, palco de grandes descobertas e de situações assustadoras.

Fiquei encantada com o livro. A forma que o autor Stephen Chbosky desenvolve os acontecimentos e mostra o amadurecimento dos personagens, em especial o Charlie, é muito verossímil e divertido de ler.


Charlie flutua entre inocência e sabedoria, e as situações que ele presencia, juntamente com suas reações, demonstram isso perfeitamente. Ele é um personagem desprovido de preconceitos, leal e que sempre prioriza sua família e amigos.

Sua personalidade simpática e altruísta muitas vezes o atrapalha e ele se vê envolvido nas mais diversas situações. O autor utiliza isso para abordar vários assuntos atuais como sexo, drogas, abuso, sexualidade, aborto... Tudo pelo ponto de vista do Charlie, mas sem o tom de sermão e sem querer dar lição, descrito de forma sensível e esclarecedora, que demonstra bem a adolescência atual.

Um livro de leitura rápida e agradável, cheios de ótimos personagens e com situações de drama e comédia muito boas que ganhou uma adaptação cinematográfica e vai ser estrelado por Logan Lerman (Percy Jackson e o ladrão de raios), Emma Watson (série Harry Potter) será Sam e Ezra Miller (Precisamos falar sobre Kevin) como Patrick. O roteiro é assinado pelo próprio autor. Espero que faça jus ao ótimo livro e que passe a sensação de se sentir infinito que Charlie e seus amigos tanto buscam.

Sobre o livro:
As vantagens de ser invisível
Autora: Stephen Chbosky
Ano: 2007
Editora: Rocco Jovem Leitores
Páginas: 223


Foto: Sam (Emma Watson) e Charlie (Logan Lerman)

sexta-feira, 1 de junho de 2012

RESULTADO: Sorteio Mês das Mães com os #blogueirosPE

                                            

O sorteio do  Mês das Mães com os #blogueirosPe chegou ao fim. E os sortudos foram:


a Rafflecopter giveaway

Parabéns Paula e Henrique!

Paula ganhou o Kit 1, e o Henrique levou o Kit 2. O email já foi enviado para ambos, e caso eles não respondam até o dia 04/06, será realizado um novo sorteio.

Obrigada pela participação de todos! Esse mês, tem mais!

Beijos!