terça-feira, 9 de julho de 2013

RESENHA: Dragões de Éter - Corações de Neve

Monique Melo
"Nova Ether é um mundo protegido por poderosos avatares em forma de fadas-amazonas. Um dia, porém, cansadas das falhas dos seres racionais, algumas delas se voltaram contra as antigas raças. E assim nasceu a Era Antiga. Hoje, Arzallum, o Maior dos Reinos, tem um novo rei, e a esperada Era Nova se inicia.
Entretanto, coisas estranhas continuam a acontecer... Uma adolescente desenvolve uma iniciação mística proibida, despertando dons extraordinários que tocam nos dois lados da vida. Dois irmãos descobrem uma ligação de família com antigos laços de magia negra, que lhes são cobrados. Duas antigas sociedades secretas que deveriam estar exterminadas renascem como uma única, extremamente furiosa.
Após duas décadas preso e prestes a completar 40 anos, um ex-prisioneiro reconhecido mundialmente pelas ideias de rebeldia e divisão justa dos bens roubados de ricos entre pobres é libertado, desenterrando velhas feridas, ressentimentos entre monarcas e canções de guerra perigosas. O último príncipe de Arzallum resgata sombrios segredos familiares e enfrenta o torneio de pugilismo mais famoso do mundo, despertando na jornada poderosas forças malignas e benignas além de seu controle e compreensão.
E a tecnologia do Oriente chega de maneira devastadora ao Grande Paço, dando início a um processo que irá unir magia e ciência, modificando todo o conhecimento científico que o Ocidente imaginava possuir. E o mundo mudará. Mais uma vez."


Voltei ao mundo criado por Raphael Draccon e só quando comecei a ler este segundo volume é que percebi o quanto sentia falta.  Mais uma vez, acho que não consigo por nesta resenha o quanto o livro me agradou. Nossos personagens tão bem conhecidos, mesmo antes de Caçadores de Bruxas, estão de volta e grandes desafios estão por vir.

Fiquei muito animada em acompanhar os meus personagens de infância vivendo outras histórias, aquelas que ninguém nunca contou, e crescendo, amadurecendo e tomando grandes decisões em momentos importantes. O desenvolvimento de cada situação unido com a personalidade marcante de cada personagem deixou a história muito dinâmica.

A narrativa continua a se destacar. Acho fascinante encarar cada palavra do livro como parte de uma conversa entre amigos. O narrador interage com o leitor e isso só fez me sentir ainda mais inserida no enredo. Encontramos novamente as referências já citadas em Caçadores de Bruxas e algumas novas. A que mais me chamou a atenção é uma passagem onde os seres envolvidos tem todas as características dos personagens de He-Man.

A ligação dos acontecimentos do primeiro livro com o segundo é bem trabalhada, sem ficar cansativa ou repetitiva. Engraçado como Draccon consegue responder cada questionamento levantado, mas, ainda sim, deixar que a história nos surpreenda quando menos esperamos. A mistura entre lutas, romance, magia e drama (João Hanson quase me fez chorar) é bem balanceada e tudo funcionou muito bem junto.

Se você ainda não deu uma chance a série, mesmo depois da resenha de Caçadores de Bruxas, espero mesmo que mude de ideia. Afinal, Dragões de Éter vem se provando uma ótima série e é digna do seu tempo, pode acreditar. Se só isso não te basta, então é só seguir as instruções:

"Abra a mente, imagine e visualize comigo. Vamos no seu tempo. E um. E dois. E três." - Página 122.


Sobre o livro:
Dragões de Éter – Corações de Neve
Volume: 02
Autor: Raphael Draccon
Editora: Leya
Ano: 2009
Páginas: 498


A série:

5 comentários:

  1. Aahh, e como eu quero dar uma chance para a série!!! rsrs Vai ser minha próxima compra! Ou troca. (ei, bem pensado... vou lá no skoob dps!) rsrs

    Depois de tantos elogios seu pela obra, não tem como não ficar se coçando para ler. Impossível.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Preciso ler essa série! Eu era doida pra isso, aí depois que comprei o primeiro volume acabei esquecendo :x
    Espero poder ler em breve...


    Bjs, Kel - www.itcultura.com.br

    ResponderExcluir
  3. Dona Danni, cadê você que não lê Dragões de Éter! Praticamente todos os #BlogueirosPE leram! rsrsrs

    ResponderExcluir
  4. Precisa sim! Não sei se ela vai te empolgar como faz comigo, mas seria ótimo ver o que você vai achar!

    ResponderExcluir
  5. Também adoro a interação do narrador com o leitor. É muito perceptível o amadurecimento dos personagens, dando um gás maior à história. Adorei o mistério com Snail (meu personagem favorito). E as lutas foras sensacionais!!

    ResponderExcluir