domingo, 15 de janeiro de 2012

RESENHA: Filhos do Éden – Herdeiros de Atlântida - Livro 1


Monique Melo

Levih e Urakin, dois anjos das forças de Gabriel, estão na terra com a missão de encontrar Kaira, uma importante capitã do exército rebelde que sumiu misteriosamente há dois anos. Depois de algum tempo de busca, finalmente os dois tem pistas sobre a localização da arconte: a Universidade de Santa Helena. Quando finalmente encontram Kaira, o ofanim e o querubim se deparam com outro problema: ela não se lembra de nada ligado à guerra milenar travada pelas forças de Miguel e seu irmão Gabriel. Resta agora aos dois, com a ajuda do misterioso Denyel ajudar Kaira a trazer suas memórias de volta e evitar que um plano perigoso tanto para os celestes quanto para os humanos tenha sucesso.


Eu, ao contrário da maioria das pessoas, ainda não li Batalha do Apocalipse, não fazia idéia do que esperar. Todo o receio que tinha em relação ao livro se foi quando comecei a lê-lo, porque percebi que todos os elogios não eram simplesmente por ser uma estória de lutas, guerras e quem é o vencedor nem pela necessidade de um livro sem a mocinha chorona e seu amor impossível: se tratava de um livro muito bem escrito com uma narrativa atraente que prende o leitor tanto por suas cenas de luta, quanto pelos diálogos e interações entre os personagens.

A construção dos personagens, por sinal, foi o que mais gostei. Sempre me chama atenção um grupo que tem tantas personalidades diferentes, mas que conseguem se entender (mesmo com dificuldade) e se completar da forma que Kaira, Denyel, Levih e Urakin fazem. Levih é o que mais gosto por ser o mais calmo e mais emocional. Denyel se destaca por ser do tipo misterioso, sarcástico e imprevisível (é, tenho quedinha por personagens assim).

Outro atrativo é a descrição dos lugares. Sem ser cansativo, o autor nos transporta para a universidade fictícia de Santa Helena de uma forma que dificilmente acharíamos que o local não é real. Muito interessante também o sistema de castas entre os anjos e suas particularidades: engraçado como cada casta define muito da personalidade de cada anjo.

Como todo livro de série, muitas das questões levantadas nesse livro são resolvidas, mas muitas outras são deixadas para o próximo. O final de Filhos do Éden tem um ótimo gancho para Anjos da Morte, segundo livro da série, que promete ser tão cheio de ação, aventura e mistério quanto o primeiro.

Para finalizar, uma dica: quem não leu a Batalha do Apocalipse, o faça após ler depois de Filhos do Éden. O próprio autor recomenda essa ordem de leitura, pois o seu segundo livro lançado, embora não se trate de uma continuação, explica melhor muitos acontecimentos importantes para seu antecessor, tornando-o mais claro quando lido.

Sobre o livro:
Filhos do Éden – Herdeiros de Atlântida – Livro 1
Autor: Eduardo Spohr
Ano: 2011
Editora: Verus
Páginas: 473
Twitter do autor: @eduardospohr
Blog do autor: AQUI

12 comentários:

  1. Tenho o livro, e só estou esperando tempo para lê-lo. Li a Batalha do apocalipse no final de 2010 e adorei, tenho certeza que também vou gostar de Filhos do Éden. Gosto de personagens que estão tentando descobrir o que está acontecendo consigo mesmo. A pessoa está com perda de memória e ainda envolvida num trama de guerra... Quero muito ler.

    Bjo!

    ResponderExcluir
  2. Ola!!
    Monique eu to com o livro aqui e ainda não li, mas depois da tua resenha fiquei super empolgada p/ler. Concordo com vc amo personagens misteriosos, sarcásticos e imprevisíveis, eles dão um UP! na leitura.

    ResponderExcluir
  3. Eu gostei MUITO de FDE e estou lendo ABdA agora.

    A escrita do Spohr é super envolvente, muito bacana...

    Adorei sua resenha Monique! Soube dosar cada parte do livro, sem deixar nada a desejar.

    Bjossss

    ResponderExcluir
  4. todo mundo falando tão bem dele, que fico até bem curiosa pra ler... especialmente depois daquele dia lah na cultura

    ResponderExcluir
  5. Quero muito ler os dois livros do Eduardo. Comecei A Batalha e achei a escrita dele fantástica.

    Adorei a resenha. Ficou ótima. Valeu a espera.

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  6. Eu ainda não li Filhos do Éden, mas já A Batalha do Apocalipse. Quero ler esse livro. A narrativa do Eduardo é um pouco densa na minha opinião. Tipo, não consigo ler tão rápido quanto outros livros. Mas gosto bastante.

    ResponderExcluir
  7. Ahhh pois é, eu não consegui ler a A batalha do Apocalipse, achei muito cansativo, mas quero dar uma chance a história, quem sabe eu não leia segundo a ordem sugerida e começo a gostar? Muito boa a resenha!

    ResponderExcluir
  8. Admito, o casal desse romance, foi o casal mais envolvente que eu já vi na vida

    ResponderExcluir
  9. Gosto bastante de livros nesse estilo, e imagino que esse seja muito bom mesmo. Como se trata de uma série, prefiro começar a ler quando tenho todos os volumes em mãos, pois não corro o risco de ficar ansioso pelo lançamento da continuação.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  10. esse é (sem a menor duvida)o melhor livro de todos ..... pois nos leva a conhecer um universo totalmente impressionante e revela alguns misterios deixados em abda e mostra uma trama perfeita !!!!!outra coisa que me cativou foi a historias dos personagens e o casal denyel/kaira

    ResponderExcluir
  11. Eu eu chateada pq ia ler Filhos do Éden sem ler AbdA. hahaha
    Me salvou, Monique! ;)


    Adorei a resenha! Espero gostar tanto quanto vc!
    Bjs
    Danni
    Garotas e Livros

    ResponderExcluir
  12. sidnei luis fermino4 de maio de 2014 14:19

    Oi adorei.. muito obrigado, me fez se
    interessar pelo livro....mas vc já leu o livro reverso escrito pelo autor
    Darlei... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores
    dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as
    teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre
    Jesus jamais mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura e
    digite reverso...a capa do livro é linda ela traz o universo de fundo..abraços.
    www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?

    ResponderExcluir