segunda-feira, 7 de julho de 2014

RESENHA: Réquiem (Delírio #3)

No desfecho da trilogia em que o amor é considerado uma doença, Lena é um importante membro da resistência contra o governo. Transformada pelas experiências que viveu, está no centro da guerra que logo eclodirá. Depois de resgatar Julian de sua sentença de morte, Lena e seus amigos voltam para a Selva, cada vez mais perigosa. Enquanto isso, Hana, sua melhor amiga de infância, foi curada. Ela leva uma vida segura e sem amor junto ao noivo, o futuro prefeito. Às vésperas do casamento e da eleição - cujo resultado pode dificultar ainda mais a vida dos Inválidos -, Hana se questiona se a intervenção realmente tem efeito. Vivendo em um mundo dividido, Lena e Hana narram suas histórias em capítulos alternados. O que elas não sabem é que, em lados opostos da guerra, suas jornadas estão prestes a se reencontrar.

Me apaixonei por Delírio, continuei fascinada pela história onde o amor é uma doença em Pandemônio e não via a hora de ler Réquiem e enfim conhecer o final que a Lauren Oliver preparou. A autora decidiu contar a última parte de sua trilogia pelo ponto de vista de dois personagens: Hana e Lena. Sabíamos, até então, como era a vida dos curados somente pelo ponto de vista da Lena, uma não curada. Achei interessante acompanhar a Hana, pois ela está curada e toda sua forma de pensar e sentir está diferente. Ela também tem sua cota de sofrimento e seu dia a dia não é tão fácil como se imagina.


Porém, gostava muito mais de acompanhar a Lena, não só por tê-lo feito nos dois livros anteriores, mas porque ela estava no local onde se tinha mais ação e mais embates. E ainda tinha que lidar com a aparição de certo personagem no final de Pandemônio que rendeu muita preocupação para ela. Também gostei de acompanhar sua análises entre a vida de não curada, a cura e o amor. É através dela que entendemos as dúvidas e os resultados da vida com liberdade: o resultado das escolhas e suas dificuldades, e como nem sempre ter esse poder é uma boa coisa.

Personagens como Julian e Fê se destacam por motivos diferentes e o primeiro evolui muito e eu gostei bastante disso. Achei que ele seria cheio de "não me toques", mas me surpreendi com sua força e como ele se dava as atividades que eles necessitavam para sobreviver. Graúna é uma personagem marcante e símbolo de força desde o segundo livro, mesmo que eu ainda prefira Prego e seu modo meio rude meio gentil.

Sou uma das poucas pessoas que curtiu o final da trilogia. Acho que seria muito sem sentido se acabasse com um felizes para sempre, com tudo contado em detalhes. Finais abertos não funcionam para todo livro, mas para Réquiem não teria como ter outro final.

Gosto da forma que a Lauren escreve seus livros e expõe suas ideias. Sempre tenho a impressão que ela escreve e encaminha sua história sem se preocupar com o julgamento do público e faz exatamente o que acha que deve ser feito para chegar aonde ela gostaria. Não foi o melhor livro da trilogia, contudo conseguiu, em minha opinião, fechar a história bem, mostrando que nada é perfeito e que amar também é fazer escolhas difíceis e arcar com as consequências. A Lauren me fez ficar ainda mais fã dela. Se é que isso é possível.

Sobre o livro:
ISBN: 9788580575170
Série: Delírio
Volume: 03
Autora: Lauren Oliver
Editora: Intrínseca
Ano: 2014


21 comentários:

  1. Queria que a história tivesse funcionado comigo, pois acho ela muito interessante, mas não consegui passar da página 100 do primeiro livro. Não sei, a trama até aquele momento não me instigou a querer saber mais da história. Quem sabe um dia eu não pegue novamente para ler...

    ResponderExcluir
  2. Eu acho que o primeiro livro sá uma sensação diferente porque a Lena está sentindo tudo pela primeira vez, então é meio exagerado e "meloso". Só que eu ainda sim gostei muito. Espero que você consiga volatr um dia. Réquiem tem jeito de livro que você ia amar! rsrsr

    ResponderExcluir
  3. Pelos comentários, tenho essa mesma impressão, que eu iria/irei gostar muito do final dessa trilogia. No primeiro livro as coisas estavam acontecendo tão devagar que nem cheguei na parte melosa ahahahaah

    ResponderExcluir
  4. kkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  5. Ainda não consegui ler toda a série. Mais o primeiro que li amei. Realmente a autora soube como nos deixar cativados com a história e os personagens. Agora espero conseguir ler os outros, pois seus comentários me deixaram cheia de vontade de ler. rsrsrs Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Ah, quando ler, me diz o que achou!

    ResponderExcluir
  7. Ei Monique...

    Nhaiii eu nem sei o que esperar do final dessa trilogia pelo simples fato de não ter curtido muito Pandemonio. Tenho uma amiga que leu e xingou um monte. Pq ela é dessas HAHAHA #adoro Mas foi bom saber que você teve um olhar diferente, quem sabe eu acabe gostando tbem né? HAHAHA

    Adorei a resenha, como sempre mandando bem <3 Beijooooos

    ResponderExcluir
  8. Fabi, esse é, com certeza, um livro que vai dividir muita opinião! Doida para saber o que você achou!

    ResponderExcluir
  9. Semana passada, li Delirium. E, nossa, foi uma surpresa. A narração da autora é muito linda e leve, como poesia, é impossível não se sensibilizar pela situação da Lena. Estou com um pouco de receio de começar Pandemonium e ainda mais de ler Requiem, porque prevejo que irei sofrer muito com o final. E você acabou de ratificar os meus medos, o final será infeliz. Ainda não estou preparada emocionalmente para isso kkkkk

    ResponderExcluir
  10. gosto de finais abertos, e se for um final infeliz melhor ainda...

    eu teria que ler os dois anteriores, senão ficaria perdida na trama...

    bjs

    http://torporniilista.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. li o primeiro livro e até fiquei bem curiosa pra ler o restante da obra, mas acabei deixando de lado por um tempo, espero voltar em breve (em especial pra voltar a dar uma de doida com os detalhes loucos, vide a historia do cachorro neh monique??)

    ResponderExcluir
  12. Monique!
    Sempre quis ler os livros dessa trilogia, acho bem interessante.
    É muito bom ter uma opinião diferenciada da maioria e fico feliz que tenha gostado do último livro, me anima ainda mais para a leitura.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  13. Aline Ramos Costa19 de julho de 2014 00:38

    Sou apaixonada por essa trilogia, ainda não tive o prazer de ler o gran-finale pq quero ler em livro físico (e não tenho ainda)...Fiquei mega curiosa pra saber que final foi esse...Parabéns pela resenha, ficou muito bem construída...bjs

    ResponderExcluir
  14. Só li e tenho o primeiro da série, meu problema com ele é não aceitar e concordar com o que a autora fala sobre amor, afinal td que ela descreve é paixão =P!


    Miquilis

    ResponderExcluir
  15. Ainda não li essa série mas morro de vontade de ler .
    Amo distopias, e essa deve ser muito boa.
    Espero ler em breve :)
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Não li nenhum livro desta série, mas pretendo. O fato é que eu decidi não ler mais séries "picadas" porque eu fico muito agoniada pela continuação, e quando demora eu acabo perdendo a empolgação que estava. É tão melhor ler a série toda de uma tacada só!!! Pelo visto esta é uma série que divide opiniões, então só mesmo lendo para saber quantas estrelas vou dar para a ela. Também gosto de finais diferentes, pois a maioria dos livros a gente chega na página 100 já sabendo como será o final.

    ResponderExcluir
  17. Eliane Pupo Bloise20 de julho de 2014 22:30

    Não li nenhum livro da série... Prefiro começar a ler quando a série esta toda completa para não ficar apreensiva com o restante.... Me empolguei bastante com sua resenha, e cada um realmente tem um ponto de vista com relação ao termino da trilogia....

    ResponderExcluir
  18. Tenho apenas o primeiro livro, mas costumo iniciar a leitura apenas quando tenho todos. Então, afff...a fila está enorme e nem sei quando terei a oportunidade de ler. Tenho ouvido falar bem dessa trilogia, de qualquer forma, gosto das capas e pretendo completa-la. Espero ler em breve. Bom saber que vc gostou do final. Bjksss

    ResponderExcluir
  19. Olha que livro bom é o tipo de livro que eu gosto, eu pretendo ler todos eles, muitas pessoas dizem que ele tem uns altos e baixo mais eu quero le-lo para ver se ele é bom, e não quero me decepcionar, amei!!

    ResponderExcluir
  20. Não li a trilogia, mas lendo a resenha percebe-se o quão interessante é a história. E achei muito válido e interessante seu comentário a respeito da escrita da autora rs. Bom, e lendo os comentários de outros, e pensando da forma, é bom ler quando se tem todos os livros rs Mas, pretendo ler em breve ;)

    ResponderExcluir
  21. Li o "Delírio" e gostei bastante. O único problema foi que a autora termina de um clímax tão intenso, que fiquei maluco quando vi que ela tinha feito essa maldade. Super ansioso pra ter todos os volumes em mãos, pra começar a ler. Confesso que finais que deixam as coisas em aberto não fazem muito meu estilo, mas se eles forem compatíveis com a história, eu aceito. Enfim, quero ler muito em breve.


    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir