terça-feira, 12 de agosto de 2014

LEMOS NA FÁBRICA: Julho 2014


Depois de meses sem fazer esta coluna,  Fabi e eu estamos loucas com a vida profissional, então nos atrasamos em algumas coisas. De qualquer forma, voltei para mostrar o que li mês passado. Vamos conferir?


Réquiem, Lauren Oliver : final aberto e muita gente que não gostou. Mas eu gostei bastante, como falei na resenha.
Entre o agora e o sempre, J. A. Redmerski: Gostei, mas podia ser melhor. Vale a pena ver o Andrew novamente! Resenha aqui.


Desde o primeiro instante, Mhairi Mcfarlane: tem coisa melhor do que se divertir com um livro do qual você achava que não ia gostar? Minhas impressões da leitura aqui.
A máquina de contar histórias, Maurício Gomyde: Gostei muito e estou chateada comigo mesma por não ter lido o  Mundo de vidro. Logo tem resenha no blog.


Fale!, Laurie Halse Anderson: Livro que retrata a história de muitos adolescentes. vale muito a pena! A editora Valentina fez um ótimo trabalho de diagramação. Já falei das minhas impressões aqui.
Maze Runner - Arquivos, James Dashner: Livro para fã, como eu, saber mais sobre o C.R.U.E.L. e sobre os personagens.


Cidade o fogo celestial, Cassandra Clare: Amei! Simples assim. Surtei o tempo todo, fiquei surpresa de diversas formas e adorei rever meus personagens adorados! Mais detalhes e surtos aqui.


 Não li tantos mangás e quadrinhos como quanto gostaria, mas tive ótimas leituras.


Blue Exorcist #11 e #12, Kazue Kato - Supresa atrás de surpresa! O que foi o volume 12? O #11 focou em algumas coisas bem legais e já estou sofrendo com o hiato que a série vai sofrer por aqui.


Nura #20 e #21, Hiroshi Shiibashi - Faltam 4 volumes para Nura terminar e eu estou amando o rumo que os acontecimentos estão tomando. 


Guerreiras Mágicas de Rayearth #6, CLAMP: Final do mangá e eu gostei. Gosto do traço e de como o Clamp desenvolve suas histórias.
Rurouni Kenshin #19, Nobuhiro Watsuki: Eu não canso de comentar como Rurouni Kenshin é bom e fica cada vez melhor! Agora o passado do nosso samurai voltou com tudo para assombrá-lo.


Azul é a cor mais quente, Julie Maroh - Gostei muito! Muito delicada e realista a forma que retratou a vida de Clementine e Emma. E o traço também combina com o enredo.
Detective Yakumo #8, Manabu Kaminaga, Suzuka Oda  - Outro mistério perto do fim em Yakumo. Ele se sai melhor que o detetive oficial, o que eu acho super engraçado. Doida pelo volume 9.

Bem, foi issso que li no mês de Julho. E vocês?

6 comentários:

  1. Começar a ler Blue Exorcist hj o/ :)

    ResponderExcluir
  2. eita, faz um tempinho que não leio mangás, mas tô aqui com dois que meu namorado comprou esse domingo ^^

    Azul é a cor mais quente é <3

    Quero mto ler Maze Runner, fiquei a fim de ler Fale! depois de ver tua resenha e vou ler A máquina de contar histórias, que ganhei numa promo ^^

    http://torporniilista.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Muito bom esse post. Só coisa boa aqui. Gostei dos mangás. Esses ainda não conhecia. Show de bola. Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Mangá é minha perdição! Eu adoro!

    ResponderExcluir
  5. Blue exorcist é bom demais! Você vai gostar!

    ResponderExcluir
  6. Ah, depois quero saber quais mangás foram (aquela que quer gente pra comentar sobre kkkk). Adorei Azul!
    E você já ganha promoção, viu? Garota sortuda!

    ResponderExcluir