quarta-feira, 27 de novembro de 2019

Lemos na Fábrica: Outubro 2019

Para quem sofreu bastante em setembro para ler, não tenho o que reclamar do mês de outubro. Li um bocado, vários temas, mas ainda muito limitada no setor dos mangás. Vamos conferir?


"Um lugar bem longe daqui", Delia Owens: Um lugar bem longe daqui" nos apresenta Kya e sua solidão. Lendo seus pensamentos e sentimentos, podemos ver o impacto da indiferença e falta de amor - seja ele qual for - na sua vida, mas também entendemos como a diversidade do brejo a salvou. Sua caminhada é surpreendente de várias formas. Para conferir a resenha.



"Fantasmas do Mercado das Sombras", Cassandra Clare, Maureen Johnson, Robin Wasserman, Sarah Rees Brennan e Kelly Link: Eu não consigo me cansar do mundo criado pela Cassandra Clare. Neste livro ela tem o apoio de outros autores para contar sobre as aventuras do Irmão Zacariah/ Jem. Como ele é um dos meus personagens favoritos fiquei feliz em acompanhar sua busca e a realização de alguns de seus sonhos. Também me agrada demais como conseguimos rever alguns personagens amados. Resenha aqui


"A casa dos espíritos", Isabel Allende: Amei muito! Nossa, eu lia e gritava de tão bom e começa parecendo que vai ser tão diferente! Ainda escreverei resenha, só preciso organizar meus pensamentos porque o clube do livro me deu outras visões sobre o enredo.


"Contato de emergência", Mary H. K. Choi: Sam e Penny tem mais em comum do que aparentam. Os dois tem problemas familiares, não sabem superar seus traumas e acabam se aproximando por conta de uma situação um tanto difícil. A autora consegue nos conquistar com seus personagens com problemas tão comuns e que, ainda sim, toca o leitor. Resenha aqui.


Para o garoto de Daegu: Foi uma grata surpresa encontrar "Para o garoto de Daegu". O tema é o relacionamento de uma brasileira com um aspirante a idol coreano, e como pode ser complexo viver realidades tão diferentes. A escrita me agradou muito, o enredo me ganhou e o ebook só precisaria de uma organização melhor no layout e revisão. Espero que a autora escreva mais sobre Jordana e Ji Hoo.


"Coisas do destino", Mia Antiere: Coisas do destino é um conto com carinha de drama coreano, o que me ganhou logo de cara. O primeiro encontro entre Eun Hye e Jung Su foi total coincidência, mas os outros já estavam cheios de boas intenções por parte dele. O conto é romântico, curtinho e simples, porém cumpre seu papel.


"Um dia com meu ídolo", Ninah Shmutz: Divertido e romântico, só faltou ter mais algumas páginas parar desenvolver algumas partes melhor. 


"Game - O jogo Proibido #02", Mai Nishikata: Sayo continua dando uma grande importância ao seu trabalho, de uma forma que prejudica a si mesma. Esse seu lado desperta no Kuriyama cuidado e atenção, e Sayo também cede quando ele está doente. O comportamento dos dois nesse volume mostra um possível envolvimento emocional, longe do que os dois acordaram quando o jogo começou. Está sendo interessante perceber as pequenas mudanças e suas consequências. Mas será que suas atitudes vão se modificar já que os dois estão cada vez mais próximos?


"Saint Seiya - Os Cavaleiros do Zodíaco - Kanzenban #10", Masami Kurumada: Final da batalha das doze casas e eu não lembrava que o Ikki participava tanto da luta contra o Grande Mestre. O Seiya acaba sempre sendo o destaque, mas pra mim o Ikki é que fez a diferença. Neste volume temos um capítulo extra com o Hyoga, não teve um enredo tão diferente, porém valeu para tirar o Seiya do foco.

"Saint Seiya - Os Cavaleiros do Zodíaco - Kanzenban #11", Masami Kurumada: Temos o início da saga de Poseidon e lembro não ter curtido muito quando vi no anime. De qualquer forma, vemos que a Saori está mais confiante em seu papel, assumindo mais responsabilidades e encarando de frente os perigos que a cercam. Os cavaleiros de bronze seguem a mesma determinação e parecem mais fortes depois de todas as batalhas enfrentadas no santuário.

Quais foram as leituras de vocês?

Um comentário: